VETADILMAVEZ ESSE BELO MONSTRO!!!

Nenhum comentário

24 de dez. de 2011

Um Natal para não ser esquecido

Nenhum comentário
O povo do Recife recebeu um presente nesse Natal e um presente que não deve ser desprezado.

Falo desse episódio do escandaloso pagamento de auxílio-moradia a ex-deputados estaduais residentes e com base eleitoral na própria cidade sede da Assembleia Legislativa, ou seja, no Recife.  Só para resumir essa espécie de ópera bufa, o que ocorreu foi que a Mesa Diretora da Assembleia Legislativa de Pernambuco, presidida por um cidadão que vem se perpetuando no posto, por mudanças regimentais nada republicanas e com o indevido apoio do governador do Estado, resolveu conceder, às nossas custas, um mimo milionário a várias autoridades que se tinham alguma autoridade moral, agora as colocaram definitivamente na berlinda.
O mimo recebeu o nome de auxílio-moradia, que, por princípio, só poderia ser pago a quem exerce suas funções longe de seu domicílio de origem. No caso do “pantomimo” pernambucano, os maiores e principais beneficiários são ex-deputados residentes no Recife. Não bastasse isso para caracterizar a imoralidade do pagamento, um novo ingrediente se incorpora de maneira a assombrar até mesmo o deputado Justo Veríssimo, aquele mesmo, tão bem interpretado por Chico Anysio, o que odeia povo e que quer mais é que ele, o povo, se exploda. É que os pagamentos foram feitos quando já prescritos, ou seja, se os ex-deputados beneficiários fossem requerer na justiça, não receberiam, mesmo que tivessem direito, o que já se demonstrou que não têm e é por isso que foi feito esse arrumadão de carne de urubu estragada para garantir-lhes o pagamento.
Pois bem. Ao mesmo tempo em que o Blog Acerto de Contas trazia à tona essa despudorância (expressão minha) da nossa deputância (expressão do Acerto), 280 famílias de seis comunidades da Região Metropolitana do Recife ocuparam a entrada do Bompreço, localizado dentro do Shopping Recife. Pediam cestas básicas.

A farra promovida pela Mesa Diretora da Assembleia de Pernambuco, em benefício de 50 ex-deputados, entre eles o ex-prefeito João Paulo (PT), do Recife, a ex-prefeita Luciana Santos (PC do B), de Olinda, o prefeito de Jaboatão, Elias Gomes (PSDB), o senador Humberto Costa (PT), o presidente do PT de Pernambuco, deputado Pedro Eugênio, os deputados Mendonça Filho (DEM) e Cadoca (PSC), a presidente do TCE/PE, Teresa Duere, custará ao povo do Recife aproximadamente R$ 20 milhões, esse mesmo povo que está mendigando cestas básicas nas portas dos supermercados e que, nos últimos 10 anos, teve aumentada sua condição de favelização em mais de 150%, segundo dados do IBGE, divulgados nesta semana.

O presente que o Natal nos traz, portanto, vem em forma de alerta e de reflexão. São essas pessoas, que independentemente de sua coloração partidária, irmanaram-se e irmanam-se nas velhas e abjetas práticas tão nefastas à vida do povo e à democracia, que queremos que continuem a governar nossos destinos?

Que os episódios que povoaram este Natal não sejam esquecidos e que permaneçam na mente de nosso povo por todo o ano de 2012, em especial no dia 7 de outubro.

Revista Samuel publica entrevista histórica de Prestes realizada em dezembro de 1968, às vésperas do AI-5

Nenhum comentário

Esse primeiro número da Revista Samuel, traz uma entrevista com Luis Carlos Prestes que foi publicada em dezembro de 1968, na Revista Realidade, que circulou de 1966 a 1976. A entrevista foi concedida ao jornalista Paulo Patarra, que era Editor-Chefe da revista e é uma verdadeira aula de jornalismo, inclusive por todo o contexto e circunstâncias em que foi obtida...Vou reproduzir só um trechinho para deixar um gosto de quero mais:

"- E o que o senhor acha dos padres e bispos brasileiros acusados de serem esquerdistas?" (em determinado momento, Prestes revela a Patarra que estava lendo um livro de Dom Helder Câmara):

 - Se o próprio papa reconhece que o capitalismo não é a saída para os povos subdesenvolvidos, uma vez que aumenta cada vez mais a distância que os separa dos países ricos, não fico surpreso com as posições de nosso clero progressista. Nós, os comunistas, apoiamos a luta de todos que desejam um futuro melhor para o Brasil. Estamos prontos, portanto, a apoiar esse setor da Igreja católica, mesmo porque não nos consideramos os donos únicos da verdade, embora tenhamos algumas posições bem claras a respeito de como deveria ser um novo Governo no Brasil."

Noutro trecho, Patarra pergunta a Prestes, como é ser comunista, ao que ele responde: "- É ser jovem sempre, é saber que o avanço das ciências está do nosso lado, que às vezes a gente precisa apoiar hoje o inimigo de ontem, como fiz com Getúlio, em 1945 e 1950, apesar de ele ter entregue minha companheira grávida aos nazistas, sabendo que acabariam por matá-la. Ser comunista é saber que a nossa luta é a luta das massas, que a nós cabe apenas conduzi-las ao poder."

Para fazer a entrevista, Petarra ficou três dias dentro da "máquina comunista", para usar sua própria expressão.

DESPUDORÂNCIA!!!

Nenhum comentário

23 de dez. de 2011

Do Acerto de Contas:
A Assembleia Legislativa de Pernambuco resolveu se coçar, depois da denúncia do Acerto de Contas de que deputados e ex-deputados estariam recebendo indenizações milionárias como auxílio-moradia.

O nome para passar desapecebido o fato é “Parcela Autônoma de Equivalência”.   
Guardou este nome. Pois bem, em uma reunião da Mesa Diretora da Assembleia, de 23 de dezembro de 2010, foi publicada uma ata, sem lei específica, sem nada, apenas falando de um parecer do procurador-Geral da Assembleia, falando da equivalência de “Parcela Autônoma”. Esse é pomposo nome dado ao escárnio que preferimos chamar de AUXÍLIO-MORADIA para deputados que residem em Recife, que são de Recife, e que sempre fizeram política em Recife.
Pois estão de toda forma escondendo o nome “auxílio moradia’”, porque não há justificativa legal neste mundo para pagar esse “benefício” a João Paulo, Luciana Santos, Humberto Costa, Elias Gomes, Pedro Eurico e Cia., que sempre moraram na Região Metropolitana do Recife.
http://video.globo.com/Videos/Player/Noticias/0,,GIM1742769-7823-NO+FIM+DO+ANO+DEPUTADOS+DE+PERNAMBUCO+CRIAM+VERBA+EXTRA+PARA+AUXILIO+MORADIA,00.html

Radiografia do governo de João Paulo, em 23/12/2004, Coluna Repórter JC, porque recordar é não deixar esquecer...

Nenhum comentário
No dia 23 de dezembro de 2004, o Repórter JC escrevia o seguinte, sobre a gestão João Paulo:

"Esquerda, volver
O que significa ser um governo de esquerda? A resposta está com o prefeito João Paulo (PT) que conseguiu armar um secretariado ideologicamente radicalizado e de baixo nível técnico. Seria, por exemplo, deixar tantas crianças pelas ruas do Recife sem escola? Não ter socializado a educação e a saúde nos últimos quatro anos? Dispensar licitações públicas sem explicar os critérios? Contratar sem licitação shows com recursos públicos para 'agradecer' a vitória nas eleições? Seria transformar a Bolsa Família em esmola assistencialista para arrecadar votos na periferia? Se as alternativas são corretas, o prefeito acertou, sim, ao escolher seus assessores."

Comissionados da PCR devem agir como vendedores da Avon, avisa vice-prefeito

Nenhum comentário
O vice Milton Coelho se reuniu com vários comissionados da PCR, no Reatro do Parque Dona Lindu e já deu o aviso pré-eleitoral: todos deverão trabalhar pela reeleição do prefeito João da Costa, como se fossem vendedores da Avon. A notícia foi dada hoje pelo JC. Olha, isso é um verdadeiro escárnio com a legislação eleitoral porque, na prática, quer dizer que o cidadão-contribuinte-eleitor estará pagando para que servidores públicos sirvam de cabos eleitorais do prefeito. A população deve ficar de olho e denunciar qualquer movimentação que confirme essa prática.
© Todos os direitos reservados - 2021