TREM DA ALEGRIA CRIADO PELA MESA DIRETORA DA CÂMARA DE JABOATÃO JÁ SE ENCONTRA COM TCE E MPPE PARA INVESTIGAÇÃO



Os vereadores que compõem a Mesa Diretora da Câmara de Jaboatão e que são, atualmente, os responsáveis por todas as nomeações de indicados para os cargos comissionados e também para composição da Comissão de Licitação, daquela Casa foram alvo de duas denúncias que tramitam junto à Promotoria de Defesa do Patrimônio Público, daquela Comarca e junto à Procuradoria Geral do Tribunal de Contas do Estado de Pernambuco, em razão da criação de cargos comissionados que superam o número de cargos efetivos da Câmara de Jaboatão. A manobra se deu por meio de uma alteração ao Regimento Interno da Casa que dotou esse grupo de vereadores de superpoderes, que foram retirados da presidência.

De acordo com a denúncia (Leia AQUI), esses vereadores teriam criado 81 (oitenta e um) cargos comissionados "fantasmas", onerando em R$ 243.000,00, por mês, às despesas do Poder Legislativo, só com essa rubrica, com o que a Câmara de Jaboatão teria passado a contar com 360 cargos de natureza comissionada, enquanto os cargos efetivos seriam apenas 110, dos quais boa parte dos ocupantes estariam à disposição do Executivo Municipal, em razão da falta de espaço para darem seus expedientes na própria Câmara, segundo afirma o denunciante, JOSÉ COELHO PEREIRA NETO

Os novos cargos comissionados criados, um verdadeiro "trem da alegris", teriam sido utilizados para nomear pessoas ligadas aos vereadores que hoje formam o grupo que comanda a Câmara de Jaboatão e que, segundo a denúncia, seriam funcionários fantasmas, fato que já teria, inclusive, sido alvo flagrante de equipe de fiscalização do TCE que, em razão da denúncia, teria comparecido à Câmara e encontrado os gabinetes fechados, sem qualquer dos nomeados trabalhando.


Os vereadores denunciados são o 1º Vice-Presidente, JOSIVALDO RUFINO DOS SANTOS, o 1º Secretário, REINIVAL SAMPAIO DOURADO, o 2º Vice-presidente, EURICO MOURA DA SILVA, o 3º Vice-presidente, JANETON JOSÉ BASILIO, o 3º Secretário SAMOEL GOMES DA SILVA  e o 4º Secretário, CHARLES DARKS RODRIGUES DE AGUIAR.

A denúncia também questiona o valor do tíquete alimentação pago aos vereadores que teria, depois que o grupo tomou para si o comando da Câmara, recebido um reajuste passando a R$ 1.500,00:



 Não é a primeira vez em que vereadores de Jaboatão são denunciados por manterem "fantasmas" em seus gabinetes. Mas, ao que tudo indica, a impunidade que grassa em nosso Estado, serve de estímulo para que a prática se mostre recorrente. Relembre o Inquérito nº 433/2007, até hoje sem uma resposta à altura do que a sociedade pernambucana merece:




VEJA ALGUMAS PORTARIAS COM NOMEAÇÕES PARA OS GABINETES DOS VEREADORES DA MESA DIRETORA DA CÂMARA DE JABOATÃO PARA OS NOVOS CARGOS CRIADOS POR ELES MESMOS:






PROTOCOLOS DAS DENÚNCIAS
PROTOCOLO DA DENÚNCIA JUNTO AO MPPE

PROTOCOLO DA DENÚNCIA JUNTO A MPCO/TCE/PE

MAIS VISITADAS DO MÊS

Aliado de Arthur Lira, do Centrão, Marinaldo Rosendo é alvo de Operação da PF por desvios de recursos do SUS durante sua primeira gestão na Prefeitura de Timbaúba

Após dia de polêmica, Marília Arraes solta nota rebatendo acusações de traição, golpismo e aliança com a direita que lhe foram imputadas por colegas do PT

Lideranças e ex-presidentes defendem reeleição do Bruno Baptista à presidência da OAB/PE

Diretoria Antimáfia Italiana e Polícia Federal em Pernambuco prendem Italiano apontado como líder de rede de traficantes internacionais de drogas. O estrangeiro morava em Aldeia, na cidade pernambucana de Camaragibe

Priscila Krause afirma que João Campos manteve equipe administrativa da Secretaria de Saúde, alvo de sete operações da PF: “de fato ele confia na equipe”