GUARDAS MUNICIPAIS DE PAULISTA ESCLARECEM QUE NÃO ATUAM NA FISCALIZAÇÃO DO TRÂNSITO

NOTA DE ESCLARECIMENTO



Guardas Municipais do Município de Paulista refutam a informação de que integrantes da Corporação, a mando do prefeito Júnior Matuto, do PSB, estariam arrancando adesivos do PMN de veículos em circulação naquela cidade. A denúncia, feita por moradores daquela cidade, foi publicada em nosso Blog, em 18 de junho passado (Leia AQUI), mandam esclarecimento ao Blog de que a fiscalização do trânsito, naquela cidade, está a cargo de Agentes de Trânsito, que não integram a carreira da Guarda Municipal, de modo que qualquer incidente ou arbitrariedade cometida durante a fiscalização do trânsito não pode ser atribuída a Guardas Municipais, mas aos Agentes de Trânsito que, por competência atribuída pela gestão local, são os responsável por essa atividade, cabendo à Guarda Municipal, tão somente, a segurança e preservação do patrimônio físico municipal.

O Blog pede desculpas aos integrantes da Guarda Municipal de Paulistas pelo equívoco e publica a presente nota de esclarecimento, de modo a dirimir quaisquer dúvidas quanto às autoridades que devem responder pelos arbítrios denunciados.

MAIS VISITADAS DO MÊS

Microempresas com capital social de R$ 200 mil e R$ 300 mil, alvos da Operação da Deccot, que cumpriu mandados também na Prefeitura do Recife, foram agraciadas com contratos de mais de R$ 18,6 milhões com a Prefeitura do Recife, na pandemia

Exclusivo: Saiba quem são todos os 41 alvos das Operações Casa de Papel e Antídoto, deflagradas hoje, pela PF, e que também teve como alvos as Prefeituras do Recife, do Cano, de Paulista e de Olinda

Advogado dos Bolsonaro, Wasef, teve pedido de prisão em inquérito que investigou seita satanista suspeita de matar crianças em rituais. Seita tinha integrantes também em Pernambuco

DRACCO faz operação contra Sebastião Figueroa, maior fornecedor de produtos gráficos para políticos e governos em Pernambuco. Veja as imagens exclusivas do Blog da Noelia Brito

Covidão: PF faz buscas nas Prefeituras do Recife, Paulista, Cabo e Olinda contra corrupção na pandemia