DEPUTADOS DE PERNAMBUCO CONTRATAM EMPRESA QUE SE APRESENTA COMO GRÁFICA, LOCADORA E OFICINA MECÂNICA PARA FORNECER FOTOCÓPIAS PARA SEUS GABINETES



Tem chamado a atenção dos cidadãos que monitoramos gastos de deputados estaduais, pelo Portal da Transparência, da ALEPE, as despesas que pelo menos dois deputados estaduais, Professor Lupércio e Tony Gel, têm realizado com fotocópias e encadernação, todos os meses, mediante a utilização da chamada verba indenizatória, a que parlamentares têm direito.

É que tanto o deputado Professor Lupércio - candidato a prefeito de Olinda, pelo Solidariedade -, quando Tony Gel - candidato a prefeito de Caruaru, pelo PMDB -, gastam, cada um, quase R$ 5 mil, todos os meses, com esse tipo de despesa, mediante a utilização da empresa S & Silva Entregas Rápidas Ltda. ME., situada na Rua Maria Gomes da Silva, nº 119, Ouro Preto, Olinda, que apesar de apontar em seus assentamentos junto à Receita Federal que tem como atividade principal o serviço de "entrega rápida", ainda se registra como apta a prestar serviços de manutenção e reparo de veículos automotores, locação de automóveis e impressão de materiais diversos e para uso publicitário, além dos que seriam contratados pelos dois deputados de "fotocópias".


Ocorre, porém, que no endereço cadastrado, tanto na Receita Federal e quanto na JUCEPE, a empresa S & Silva Entregas Rápidas funciona em um  imóvel onde não há nenhum indicativo de que quaisquer dessas atividades sejam, de fato, ali executadas e mais, no local, o que funcionaria seria um correspondente bancário para concessão de empréstimos consignados, conforme fica evidenciado pelas imagens fotográficas do imóvel mencionado, que o Blog publica, com exclusividade.













O que mais impressiona é que num local que aparentemente não funciona nada além do mencionado "correspondente bancário", um imóvel, aliás, extremamente simples, em Olinda, conste como em funcionamento uma empresa de finalidades tão diferentes entre si, quais sejam, as de locação de veículos, fotocópias, serviços gráficos, entrega de documentos e até oficina mecânica e que dois deputados estejam se utilizando dessa empresa para gastos tão elevados com fotocópias, em seus respectivos gabinetes, na ALEPE.

Vejam os dados coletados no Portal Transparência da ALEPE e que confirmam as despesas de Tony Gel e Professor Lupércio com a S & Silva:












MAIS VISITADAS DO MÊS

PF flagrou 114 contatos telefônicos entre desembargadora afastada e traficante de drogas e assaltante de carro-forte

STF afasta Conselheiro do TCM-BA por propina de R$ 25 milhões exigida quando era ministro das Cidades

STF derruba sigilo de gastos da Presidência e Bolsonaro terá que mostrar faturas milionárias do cartão corporativo

Cabos da PM/PE denunciam que governo de Pernambuco só promove oficiais: "Quanta injustiça numa única corporação!"

Auditoria do TCE/PE constatou fraude fiscal, sonegação fiscal, superfaturamento, não prestação dos serviços em contrato de mais de R$ 16,7 milhões da ALEPE. Com a palavra o MPPE, o MPF, a Receita Federal e a Polícia Federal