Chamado em defesa do Cais José Estelita como caso de referência o La Vue - Ladeira da Barra em Salvador.






Por Sergio Urt
Publicitário e ativista dos Direitos Civis

Minha gente, o que estamos assistindo o que está acontecendo em Salvador é o mesmo que se passa aqui em Recife no caso do Estelita.

Os argumentos para negar a construção acima de 13 andares é o mesmo que constituímos no pedido de tombamento da paisagem realizado e protocolado no IPHAN Nacional, em Brasília, em junho de 2015. Os argumentos das empreiteiras e da prefeitura do Recife é o mesmo, pois alega insegurança jurídica, desemprego, e instabilidade para o estado(pacto federativo). Só que esse argumento já é sabido e constatado nessa simbiose entre os dois empreendimentos, que o "lobby" e o poder público temporário andam juntos. Perceberam a arrogância do Geddel Vieira ao se referir ao Calero, que denunciou suas artimanhas para seu benefício próprio e consequentemente para a empreiteiras

É pertinente que iniciemos um movimento em conjunto para barrar de vez a INSEGURANÇA JURÍDICA que a sociedade vive diante os constantes ataques das empreiteiras e o poder público temporário o Recife. O dano à paisagem do Recife será irreversível, já que existe imensurável significado cultural, argumentado, comprovado através do documento protocolado através de um pedido preliminar em 16 de fevereiro de 2015 através do processo no Minc 01400.001780/2015(1730-T-15).

Diante esta indecência entre o Geddel Vieira(atual/ex ministro da secretaria de governo da presidência da república), que confessou em entrevista à rede globo veiculada hoje no jornal nacional, o seu expresso interesse na aprovação do aumento do gabarito para 30 andares, pois a negativa acarretaria prejuízo pessoal por ter ele adquirido imóvel no condomínio de luxo LA VUE - Ladeira da Barra - Salvador Bahia.

O método é o mesmo. Só que, lá em Salvador o Calero achava que os amigos que praticaram o golpe de estado parlamentar seriam os "amigos da cultura" sem esquecer que a aristocracia trai exatamente aquele que não serve aos seus interesses. Calero foi traído e ameaçado pela sua própria ganância e se arrependeu. Esse é o resultado de firmar alianças com traidores da Nação. Pois, aos olhos de diversas entidades jurídicas e políticas no Brasil e no mundo, nos cabe o papel de resistir e denunciar os desmandos constantes na nossa sociedade que compromete o direito difuso, coletivo, que é a paisagem do Cais José Estelita no bairro de Sao José no Recife, Pernambuco.

Vale lembrar que não estamos em situação favorável, pois é temerária a chegada do novo ministro da cultura

Uni-vos!

MAIS VISITADAS DO MÊS

Forbes: Lista de bilionários brasileiros traz 16 cearenses e 6 pernambucanos. Saiba quem são.

Radar: João Campos recebe mais de R$ 5,2 milhões do Fundo Eleitoral do PSB e é recordista nacional de doações

Entidades ligadas a empresário preso hoje pela PF, por desvios na Saúde, receberam mais de R$ 781 milhões do Estado e de Prefeituras pernambucanas

Desembargador extingue reclamação do Estado de Pernambuco contra decisão do Juiz que mandou suspender retorno das aulas presenciais

Exclusivo: Geraldo Julio deixou de pagar mais de R$ 8,2 milhões devidos à Reciprev referentes a contribuições previdenciárias dos inativos da PCR, aponta Auditoria do TCE/PE