TODO APOIO AOS MEMBROS DO MINISTÉRIO PÚBLICO E DO JUDICIÁRIO QUE COMBATEM A CORRUPÇÃO




Por Noelia Brito, editora do Blog

Eu, mais do que ninguém, tenho sido vítima de promotores, juízes e desembargadores corruptos, que têm me prejudicado para atender a interesses pessoais próprios ou de advogados de integrantes dessa ORCRIM do PSB que tanto combato. Se eu fosse como uns e outros defenderia com unhas e dentes esse projeto que os corruptos estão aprovando para perseguir o Ministério Público e o Judiciário, afinal, membros dessas instituições têm me prejudicado e beneficiado meus inimigos, que sei não valerem nada, que sei corruptos. Acontece que eu sei também que esse projeto não está aí para combater a atuação da banda podre do Ministério Público e do Judiciário, a banda podre que anda aninhada com corruptos. Esse projeto, da forma que foi aprovado pela Câmara dos despudorados Deputados está aí para chantagear e achacar justamente aqueles promotores, procuradores e magistrados que fazem seu trabalho, apesar dessa banda podre a que me referi. São as pessoas sérias e combativas do Ministério Público e do Judiciário que ainda me dão esperança pra continuar na luta. Por que então eu me aliaria com os corruptos que eu combati durante toda a minha vida para destruir com o que ainda resta de decência neste país? Eu e meu Blog apoiamos o Ministério Público e o Judiciário contra a tentativa dos políticos corruptos e da banda podre dessas instituições, representada por figuras como Gilmar Mendes, de continuar fazendo do Brasil, o maior prostíbulo de corrupção da face da Terra. 

Aqui não se dará apoio a safados, nem a safadezas. Quem quiser anistia pra corruptos ou perseguição a pessoas honradas, pode procurar outra freguesia e vou logo avisando que esses ladrões que roubaram nas prefeituras por onde passaram terão lugar privilegiado no meu Blog, na proporção em que militantes de seus partidos tiverem o descaramento de me desrespeitar. Ladrão bom é ladrão mudo, exceto se for pra delatar o comparsa.

Impressiona-me, sobremaneira, o argumento daqueles que afirmam que juízes e membros do Ministério Público querem formar uma casta de inimputáveis enquanto defendem, talvez, inconscientemente, a pior das castas: a dos políticos de todos os partidos que se acham no direito de nos roubar e não responder jamais por seus crimes.

Hoje vejo todos os ditos "politizados" unidos a favor da corrupção, a pretexto de serem contra a criminalização da política. Mas, afinal, quem trouxe o crime para dentro da política? Foi o Ministério Público e o Judiciário ou foram os políticos que se achando acima da lei, da Justiça, do Bem e do Mal, transformaram os Partidos em organizações criminosas para se apropriarem do patrimônio do povo brasileiro, para custearem seus projetos pessoais de poder e suas vidas de nababos?

Quem criminalizou a política foram os políticos, pois que paguem por isso por não serem dignos de estarem na vida pública, por transformarem a política em algo que causa asco nas pessoas de bem e por inverterem os valores na mente de boa parte do povo brasileiro, que hoje acredita que o crime compensa e que criminoso é quem cumpre com seu dever de não compactuar com a malfeitoria que se resolveu institucionalizar no País.

MAIS VISITADAS DO MÊS

Microempresas com capital social de R$ 200 mil e R$ 300 mil, alvos da Operação da Deccot, que cumpriu mandados também na Prefeitura do Recife, foram agraciadas com contratos de mais de R$ 18,6 milhões com a Prefeitura do Recife, na pandemia

Durante julgamentos de interesse da gestão Geraldo Julio, um dos quais envolvendo a Casa de Farinha, Conselheiros do TCE/PE perdem a calma, gritam e interrompem Procuradora que combate a corrupção no Governo de Pernambuco e na Prefeitura do Recife

Exclusivo: TJPE determina afastamento do Prefeito de Paulista, Junior Matuto, a pedido do Dracco, por desvios de R$ 21 milhões em PPP do lixo com a empresa Locar

"Grampos" da Operação Locador, do DRACCO, mostram temor de investigados de que chefões da gestão Matuto lhes fizessem "mal" e espanto com pagamentos em dinheiro vivo feitos pelo prefeito na compra de terrenos

É tetra! Prefeitura do Recife recebe a quarta "visita" da Polícia por fraudes na pandemia, desta vez foi a DECOT. A prefeitura nega envolvimento