DELAÇÃO DE JOÃO PACÍFICO, ALVO DA "FAIR PLAY", TEM 50 ANEXOS, REVELA FOLHA DE SÃO PAULO



Sob o título "Café no Bule", a Coluna Painel da Folha de São Paulo de hoje revela que a delação premiada do ex-diretor da Odebrecht, João Antônio Pacífico, responsável pelas operações da construtora na Região Nordeste, conta com nada menos que 50 anexos e promete, "entregar alguns dos fatos mais bombásticos revelados pela empreiteira baiana". Segundo a Folha de São Paulo, "grande parte dos caciques nordestinos foi citada por ele. Nem o ex-governador Eduardo Campos, morto em um acidente aéreo em 2014, ficou de fora da lista de cerca de 50 anexos da colaboração."

Fontes ouvidas pelo Blog da Noelia Brito, porém, informam, que além de João Pacífico, outros três executivos fizeram delações envolvendo políticos pernambucanos. Dentre os delatados estariam dois governadores (um dos quais, ex-secretário de Estado), um prefeito (ex-secretário de Estado), um secretário municipal, um ex-procurador geral do Estado de Pernambuco e um secretário de estado.

O principal foco da delação premiada dos executivos da Odebrecht é o contrato com a Arena Pernambuco, alvo da Operação "Fair Play" e que é hoje objeto do Inquérito nº 4292, que corre em "Sigilo" no Supremo Tribunal Federal e que tinha como relator o ministro Teori Zavascki, que faleceu num acidente aéreo na semana passada.


Ontem, o Estadão revelou que pelo menos três investigados por lavagem de dinheiro e que teriam funcionado como "laranjas" do PSB na compra do jatinho da campanha de Eduardo Campos e Marina Silva nas eleições presidenciais de 2014, presos na chamada "Operação Turbulência", teriam assinado acordo de "Delação Premiada" entregando esquema de corrupção e desvio de recursos de obras pública para campanhas políticas em Pernambuco (Leia AQUI).

Nosso Blog publicou matéria sobre o pagamento de propina a políticos, pela Odebrecht, utilizando a Cervejaria Itaipava como intermediária (Leia AQUI).

Leia AQUI matéria de nosso Blog sobre o acordo de leniência assinado pela Andrade Gutierrez com o CADE onde os detalhes da negociata para que a Odebrecht vencesse a licitação da PPP da Arena Pernambuco são revelados.

AQUI você acessa a matéria de nosso Blog sobre a gravação que flagrou conversa entre o delator João Pacífico e integrantes do governo de Pernambuco e o dono da empresa que ganhou a PPP de Itaquitinga negociando a transferência de R$ 10 milhões da Odebrecht para a empresa cobrir rombo operacional com a obra do presídio inacabado.





MAIS VISITADAS DO MÊS

Justiça recebe denúncia contra tenente coronel da PMPE acusado de assediar sexualmente 4 subordinadas policiais militares

À Época, Antônio Campos afirma ter denunciado, às autoridades, esquema maior do que o da Paraíba, operando em Pernambuco pelas mãos de Renata Campos e do PSB

Única nota 1000 do ENEM de Pernambuco faz homenagem a seu professor de Português

Indústria de multas de Geraldo Júlio arrecadou R$ 230 milhões em apenas 4 anos enquanto gastos com educação no trânsito não chegam a R$ 550 mil

Exclusivo: Sai João e entra Tadeu na sucessão no Recife