ÉPOCA REVELA QUE ARCOS INTERMEDIOU PROPINA TAMBÉM PARA MINISTRO FERNANDO FILHO

Foto: Orlando Brito




A Revista Época, em matéria assinada pelo jornalista Diego Escosteguy revela que a empresa ARCOS, dos marqueteiros André Gustavo e Antônio Carlos Vieira também teria intermediado o pagamento de propina ao ministro das Minas e Energia Fernando Bezerra Filho. Segundo a Revista (leia AQUI), documentos entregues pelos delatores da JBS à Justiça, Fernando Filho, teria recebido um total de R$ 3 milhões em propina da empresa. De acordo com os executivos, foram R$ 2 milhões em dinheiro vivo e R$ 1 milhão em notas frias. Segundo a delação, o dinheiro era compartilhado entre o ministro e seu pai, o senador Fernando Bezerra, também do PSB.

A assessoria do ministro, no entanto, alegou que não iria comentar a reportagem porque “o nome do ministro não aparece” em qualquer documento público referente às delações da JBS.

MAIS VISITADAS DO MÊS

Entidades ligadas a empresário preso hoje pela PF, por desvios na Saúde, receberam mais de R$ 781 milhões do Estado e de Prefeituras pernambucanas

EXCLUSIVO: PF PRENDE PREFEITO E VICE DE AGRESTINA

Forbes: Lista de bilionários brasileiros traz 16 cearenses e 6 pernambucanos. Saiba quem são.

Operação Desumano: Orcrim que assalta cofres da Saúde do povo pernambucano há anos é desbaratada em megaoperação da PF, CGU, MPF e MPPE (GAECCO). Prefeituras do Recife e de Jaboatão e empresário, líder da ORCRIM, entre os alvos