ESQUEMA COM LOUSAS DIGITAIS ESTARIA SENDO ARMADO POR PREFEITURAS PARA ATINGIR 25% DA EDUCAÇÃO E LUDIBRIAR TCE



Nosso Blog tomou conhecimento que importantes Prefeituras pernambucanas com dificuldades para atingirem o percentual mínimo de 25% de investimento em Educação estariam preparando a adesão a uma Ata de Registro de Preços milionária para aquisição de lousas digitais, como forma de ludibriar o Tribunal de Contas do Estado.

Todos sabem que a aquisição dessas lousas digitais é a mesma coisa que rasgar o precioso dinheiro da educação que já vem sendo desidiosamente gasto com empresas mafiosas flagradas pela Polícia Civil fornecendo comida estragada e superfaturada para as escolas.

Em todo o país, as aquisições de lousas digitais têm sido alvos de investigações por parte do Ministério Público, pelas mais diversas razões. No Rio Grande do Sul, por exemplo, foram R$ 3 milhões jogados no lixo porque as lousas foram adquiridas sem que os professores fossem treinados para operá-las. Resultado: o equipamento ficou abandonado em depósitos, sem uso. Em Minas Gerais e em São Paulo, várias prefeituras foram investigadas por superfaturamento e direcionamento de licitações. Já encarregamos todos os nossos "olheiros" espalhados em todos os municípios de Pernambuco para que fiquem atentos a mais essa esperteza porque nem no Diário Oficial as beldades querem publicar suas façanhas para fugirem de nossa lupa.

MAIS VISITADAS DO MÊS

Entidades ligadas a empresário preso hoje pela PF, por desvios na Saúde, receberam mais de R$ 781 milhões do Estado e de Prefeituras pernambucanas

Mapa da Vergonha: Pernambuco é o Estado com o maior número de irregularidades investigadas na pandemia, aponta documento da Polícia Federal

EXCLUSIVO: PF PRENDE PREFEITO E VICE DE AGRESTINA

Operação Desumano: Orcrim que assalta cofres da Saúde do povo pernambucano há anos é desbaratada em megaoperação da PF, CGU, MPF e MPPE (GAECCO). Prefeituras do Recife e de Jaboatão e empresário, líder da ORCRIM, entre os alvos