EMPRESA DE PRESO PELA "OPERAÇÃO MATA NORTE" FOI CONTRATADA PARA FISCALIZAR FÁBRICAS DE PLACAS PARA O DETRAN. DTI SOLUÇÕES EMPRESARIAS AINDA TEM CONTRATOS MILIONÁRIOS COM A CASA MILITAR, COM O CABO E COM PAUDALHO, MAS TCE NUNCA VIU APESAR DE TER REGISTRO DE TUDO EM SEU PORTAL

Pernambuco virou um verdadeiro laranjal
onde se escondem impunemente os assaltantes
do Erário


Nos documentos oficiais, a empresa DTI Soluções Empresariais, CNPJ nº 11.749.513/0001-16, aparece como sendo do empresário Ricardo Henrique Reis dos Santos, que teve a prisão prorrogada na última segunda-feira à noite, pelo Juiz Federal da 13ª Vara Federal, em Pernambuco, a pedido da Polícia Federal, no âmbito da Operação Mata Norte que investiga uma organização criminosa especializada em fraudar licitações para aquisição de merenda escolar e outros produtos, com recursos federais, em prefeituras e secretarias estaduais de Pernambuco (Leia COM PRISÃO PRORROGADA, "LARANJAS" DETIDOS NA OPERAÇÃO "MATA NORTE" JÁ FALAM EM DELATAR CABEÇAS DA ORCRIM).

Até o momento não havíamos identificado qual seria a participação de Ricardo Henrique Reis dos Santos no esquema, entretanto, nossos competentes "Olheiros" nos revelaram que ele seria proprietário de pelo menos três empresas: CAC - Central de Atendimento Comercial, do ramo de alimentos, com sede na Iputinga, Regente Empresarial, dedicada ao comércio atacadista de material de escritório, com sede em Boa Viagem e da DTI Soluções Empresariais, com sede em Paratibe, Paulista. Somadas, essas empresas teriam um Capital Social de de R$ 1,2 milhão.

Mas apesar de aparecer como proprietário de empresas com contratos milionários com Prefeituras para locação de veículos e até com o DETRAN para realizar serviço de "controle e monitonamento das empresas fabricantes e estampadoras de placas veiculares no Estado de Pernambuco credenciadas pelo DETRAN-PE para fins de fiscalização" que de acordo com o Código Nacional de Trânsito é privativo de servidores públicos, o empresário não passaria de um laranja que reside em uma casa no bairro de Areias, na periferia do Recife:




PARTES: DETRAN/PE e D.T.I SOLUÇÕES EMPRESARIAIS LTDA - ME. OBJETO: prestação de serviços de apoio operacional do controle e monitoramento das empresas fabricantes e estampadoras de placas veiculares no Estado de Pernambuco credenciadas pelo DETRAN-PE, para fins de fiscalização. PL n° 004/2017 - PP n° 002/2017. VIGÊNCIA: 36 meses a partir de 03/07/2017. VALOR: R$ 552.000,00.

Causa espécie é que um "empresário" preso por fraudes em licitação da merenda, no Município de Lagoa do Carro, seja contratado pelo DETRAN para fiscalizar empresa responsáveis pela fabricação de placas de veículos. Entretanto, esse não é o único caso que causa estranheza nos contratos públicos dessa empresa com órgãos públicos.

Essa seria a rua, no bairro de Areias, onde o empresário dono da empresa DTI, Soluções Empresariais, que detém contratos milionários com secretarias do governo de Pernambuco e com importantes prefeituras do Estado e que está preso no COTEL, por fraudes em licitações moraria (temos fotos da casa, mas não iremos divulgar por questões de segurança)

A empresa DTI Soluções Empresariais amealhou nos últimos anos, apenas em contratos com o Poder Público, nada menos que R$ 20.168.131,00, dos quais R$ 15.320.419,49, mediante contratos obtidos por intermédio do Governo de Pernambuco para as finalidades as mais diversas que vão desde a "fiscalização" de empresas que confeccionam placas para veículos, passando pela Locação de veículos e pelo transporte de cana de açúcar, pelo armazenamento de mercadorias em galpões e pela locação de imóveis:





A Casa Militar (sempre ela) contratou a DTI, para atender as cidades atingidas pela Seca, transportando cana de açúcar e grãos. Só um dos empenhos (EMPENHO Nº 2013NE00034), pagos a essa empresa, em 2013, com recursos federais, superava a casa dos R$ 3 milhões:


Já outro empenho de 2014, mostra o pagamento de R$ 900 mil, pela Casa Militar do Governo de Pernambuco, novamente para a DTI "acondicionar e armazenar produtos diversos" em um Galpão em Paulista:



A DTI já participou até de uma Licitação para fornecer serviços de Psicologia para a Secretaria de Ressocialização junto com a RADAR, outra empresa cujo dono foi preso pela Operação Mata Norte, por "montar" licitações fraudulentas, mas. Vejam que as duas empresas que participaram do processo fraudulento da licitação de merenda escolar em Lagoa do Carro também planejavam fornecer "serviços de psicologia" para a SERES, mas quem ganhou a licitação foi uma tal de LC Recursos Humanos Ltda - ME. É impressionante a capacidade operacional dessas empresas que contratam com o Governo de Pernambuco e com as prefeituras. E mais impressionante ainda é a incapacidade de certas autoridades fazerem "vista grossa" para o verdadeiro assalto aos cofres públicos que certos empresários com a cumplicidade de políticos e servidores corruptos vêm praticando em nosso Estado:




Há casos também de coincidências que impressionam. No Cabo de Santo Agostinho, governado pelo Prefeito Lula Cabral, do PSB, a empresa foi agraciada com uma Dispensa de Licitação para locação de veículos em 16/02/2017, no valor de R$ 304.080,00, para logo em seguida, passados apenas dois meses daquela Dispensa de Licitação, sagrar-se vencedora de um Pregão Presencial no valor de R$ 4.121.040.000,00, também para locação de veículos para o Cabo.


Em Paudalho, mais coincidências! Naquele Município, cujos contratos com empresas ligadas à Máfia da Merenda já são investigados pelo Inquérito Civil Público nº 1.26.002.000253/2017-58, juntamente com os contratos firmados pela Prefeitura de Caruaru (PSDB) e a Prefeitura de Abreu e Lima, governada pelo Pastor Marcos, do (PSB), com essas mesmas empresas, a prefeitura de Paudalho firmou um contrato para locação de veículos com a DTI no valor de R$1.310.231,00.




MAIS VISITADAS DO MÊS

Milionários pernambucanos aparecem na "caixa preta" do BNDES anunciada por Bolsonaro. Saiba quem são.

Lava Jato chega a Pernambuco: "Amplo esquema criminoso leva Lava Jato a bloquear mais de R$ 3,5 bilhões do PSB, de FBC, do Espólio de Eduardo Campos, Do MDB e de Eduardo da Fonte além de vários empresários

Cunhado de Paulo Câmara ganha cargo comissionado na Presidência do TRT6. Funcionários veem favorecimento

Veja: Bolsonaro indica para o CADE advogada acusada de vender decisões do STJ para a JBS. A advogada é filha de uma desembargadora federal bolsonarista

Conselheiro do TCE/RJ, ligado ao MDB, é o mandante do assassinato de Marielle, revela inquérito da Policia Federal. O motivo seria vingança contra Freixo por perda do foro privilegiado