MPPE DECIDE DENUNCIAR PREFEITO DO CABO, LULA CABRAL, POR CRIMES DA LEI DE LICITAÇÕES



O Diário Oficial do Estado do último dia 13 de setembro revela que por decisão do Subprocurador-Geral de Justiça para Assuntos Jurídicos, o atual prefeito do Cabo de Santo Agostinho será denunciado em ação penal por crime previsto na lei de licitações.

O despacho que informa a decisão do Subprocurador Geral de Justiça é assinado pela Promotora de Justiça Assessora Técnica em Matéria Criminal Chistiane Roberta Gomes de Farias Santos e informa apenas que a Denúncia de nº 06/2017 tem origem na Notícia do Fato nº 2017/2723070, sem revelar mais detalhes acerca dos eventuais crimes que estariam sendo imputados a Lula Cabral.

DENÚNCIA No06/2017
NOTÍCIA DE FATO No 2017/2723070
REPRESENTADO: LUIZ CABRAL DE OLIVEIRA FILHO, PREFEITO DO MUNICÍPIO DO CABO DE SANTO AGOSTINHO. ASSUNTO: CRIMES DA LEI DE LICITAÇÕES
DECISÃO: AJUIZAMENTO DE AÇÃO: DENÚNCIA. 
Recife, 06 de setembro de 2017. 
Christiane Roberta Gomes de Farias Santos 
Promotora de Justiça Assessora Técnica em Matéria Criminal

No mesmo despacho, o Subprocurador também determina o ajuizamento de ação penal contra o prefeito de Ibirajuba, mas por motivo diverso: Crimes de Responsabilidade.


MAIS VISITADAS DO MÊS

Milionários pernambucanos aparecem na "caixa preta" do BNDES anunciada por Bolsonaro. Saiba quem são.

Lava Jato chega a Pernambuco: "Amplo esquema criminoso leva Lava Jato a bloquear mais de R$ 3,5 bilhões do PSB, de FBC, do Espólio de Eduardo Campos, Do MDB e de Eduardo da Fonte além de vários empresários

Cunhado de Paulo Câmara ganha cargo comissionado na Presidência do TRT6. Funcionários veem favorecimento

Veja: Bolsonaro indica para o CADE advogada acusada de vender decisões do STJ para a JBS. A advogada é filha de uma desembargadora federal bolsonarista

Conselheiro do TCE/RJ, ligado ao MDB, é o mandante do assassinato de Marielle, revela inquérito da Policia Federal. O motivo seria vingança contra Freixo por perda do foro privilegiado