TCE EMITE ALERTA DE RESPONSABILIZAÇÃO CONTRA PREFEITO DE SANTA CRUZ DO CAPIBARIBE POR CONTRATAR ESCRITÓRIOS DE ADVOCACIA COM INTERMEDIAÇÃO DA AMUPE. DENÚNCIA FOI DE VEREADORES DA OPOSIÇÃO

Vereadores Diomedes Brito (PT), Ernesto Maia (PT) e Carlinhos da Cohab (PTB)
denunciaram a farra dos gastos com escritórios de advocacia pelo prefeito
Edson Vieira (PSDB), em Santa Cruz do Capibaribe


Denúncia dos incansáveis vereadores de oposição Carlinhos da Cohab (PTB), Ernesto Maia (PT) e Deomedes Brito (PT) contra o prefeito Edson Vieira (PSDB), pela contratação de escritórios de advocacia, via AMUPE, pela Prefeitura de Santa Cruz do Capibaribe, resultou em uma notificação com "ALERTA DE RESPONSABILIZAÇÃO" ao prefeito, que poderá responder pessoalmente pelas vultosas quantias que têm sido pagas a esses escritórios, já que, de acordo com o alerta, expedido pela Conselheira Teresa Duere, "a AMUPE não está configurada como sociedade de advogados", não podendo ser contratada para prestar assessoria jurídica  ou legal, além de a prefeitura de Santa Cruz do Capibaribe possuir "no quadro próprio 4 (quatro) procuradores, com um cargo de Procurador Jurídico e os demais cargos de procurador adjunto".

Os vereadores, conforme nosso Blog já havia noticiado (Leia em VEREADORES DENUNCIAM GASTOS MILIONÁRIOS COM ESCRITÓRIOS DE ADVOCACIA EM SANTA CRUZ DOCAPIBARIBE SEM LICITAÇÃO, VIA AMUPE, QUE SE NEGA A FORNECER DOCUMENTOS), denunciaram gastos exorbitantes do Município de Santa Cruz com escritórios de advocacia que estariam sendo contratados com a intermediação da AMUPE e que essa entidade que é uma Associação que congrega prefeitos de municípios pernambucanos, estaria se recusando a fornecer os documentos referentes a tais contratações. A mesma recusa estaria sendo observada pela própria prefeitura, o que já impunha uma certa nebulosidade no negócio. Agora, com a notificação e a intervenção do Tribunal de Contas, graças à denúncia dos vereadores, esses obscuros contratos terão que sair das sobras e vir à luz: 






MAIS VISITADAS DO MÊS

Milionários pernambucanos aparecem na "caixa preta" do BNDES anunciada por Bolsonaro. Saiba quem são.

Lava Jato chega a Pernambuco: "Amplo esquema criminoso leva Lava Jato a bloquear mais de R$ 3,5 bilhões do PSB, de FBC, do Espólio de Eduardo Campos, Do MDB e de Eduardo da Fonte além de vários empresários

Cunhado de Paulo Câmara ganha cargo comissionado na Presidência do TRT6. Funcionários veem favorecimento

Veja: Bolsonaro indica para o CADE advogada acusada de vender decisões do STJ para a JBS. A advogada é filha de uma desembargadora federal bolsonarista

Conselheiro do TCE/RJ, ligado ao MDB, é o mandante do assassinato de Marielle, revela inquérito da Policia Federal. O motivo seria vingança contra Freixo por perda do foro privilegiado