SINPOL-PE PROMOVE DEBATE SOBRE SEGURANÇA PÚBLICA COM PRESENÇA DE MARCELO FREIXO



Com o objetivo de encontrar caminhos que contribuam para a dissolução da grave crise da segurança pública que Pernambuco enfrenta, o Sindicato dos Policiais Civis de Pernambuco (SINPOL-PE) inicia, amanhã (24), às 18h30, na sede da entidade, em Santo Amaro, um Ciclo de Debates sobre o tema. A primeira atividade do ciclo, intitulada Segurança Pública: desconstruindo mitos na busca de soluções, contará com a presença do Deputado Estadual, pelo Rio de Janeiro, Marcelo Freixo, que presidiu a CPI das Milícias na ALERJ, do Delegado da Polícia Civil de Pernambuco e Doutor pela Universidade de Salamanca, Marcelo Barros, do Cientista Político e Professor da UFPE, Michel Zaidan, e do Presidente do SINPOL, Áureo Cisneiros.

Para o Presidente do SINPOL, Áureo Cisneiros, a atividade  visa, fundamentalmente, empreender um esforço coletivo entre especialistas e a sociedade civil para que a grave crise da segurança pública pernambucana seja revertida. “Estamos fazendo o que o Governo do Estado deveria estar fazendo. O diálogo é uma prerrogativa essencial, para que se desenvolvam políticas transversais, conectadas com os desafios contemporâneos. Ao final desse Ciclo de Debates, junto com o segundo dossiê sobre as precárias condições da Polícia Civil de Pernambuco, entregaremos ao Governo, à imprensa e ao povo pernambucano, as nossas contribuições”, revela.

ASSISTA O VÍDEO COM O CONVITE DO DEPUTADO MARCELO FREIXO CONVIDANDO PARA O DEBATE:






SERVIÇO
Sexta, 24 de novembro às 18:30 - 21:00 UTC-03
Amanhã

Exibir mapa
Sinpol-PE
Rua Frei Cassimiro,179, Santo Amaro,, 50100-260 Recife

MAIS VISITADAS DO MÊS

Justiça recebe denúncia contra tenente coronel da PMPE acusado de assediar sexualmente 4 subordinadas policiais militares

Roberto Viana e o Game of Thrones de Pernambuco

Antônio Campos cumpriu o que disse à Época e depôs hoje, no MPF, como testemunha em inquérito sigiloso envolvendo caciques do PSB. Vejam a nota

Indústria de multas de Geraldo Júlio arrecadou R$ 230 milhões em apenas 4 anos enquanto gastos com educação no trânsito não chegam a R$ 550 mil

Monitoramento e "grampos" contra Coronel Meira e Antonio Campos teriam sido ordenados ao DRACO pelo Palácio, segundo informe da Inteligência da PM ao Coronel. Leia denúncia à PF