MAÇONARIA PEDE PROVIDÊNCIAS A PAULO CÂMARA E AO MINISTÉRIO PÚBLICO CONTRA AUMENTO DA VIOLÊNCIA E ASSÉDIO MORAL E CONDIÇÕES SUBUMANAS PRATICADOS POR SUPERIORES CONTRA POLICIAIS MILITARES EM GOIANA


Um Requerimento acompanhado de seis mil assinaturas que incluem representantes dos mais diversos seguimentos das sociedade, inclusive da Igreja Católica, foi protocolado ao Governador de Pernambuco, Paulo Câmara e ao Procurador Geral de Justiça, Francisco Dirceu Barros, pela Loja Maçônica Simbólica Areópago de Itambé nº 17 (Leia a íntegra do Requerimento em ABAIXO ASSINADO MAÇONARIA PEDINDO PROVIDENCIA CONTRA VIOLENCIA E ASSEDIO CONTRA PM POR SUPERIORES, solicitando melhorias para a Segurança Pública para aquele Município ao mesmo tempo em que destaca sua preocupação com o aumento da violência, notadamente em Itambé, onde "a sociedade local está muito assustada porque diariamente vem sendo  vilipendiada em sua paz e tranquilidade, sendo assolado pelo pelo elevadíssimo índice de criminalidade."

Em seu pedido de providências contra a violência que assola Pernambuco, em especial a cidade de Itambé, a  Augusta e Respeitável Loja Simbólica Maçônica Areópago de Itambé nº 17 ainda destaca que o seu cotidiano outrora pecado, agora é povoado por "homicídios, arrastões, furtos, agressões físicas, ameaças, toda sorte de violência, levando a sociedade a um clima de tamanha tensão que já provocou manifestações populares, inclusive com uma delas em nossa cidade terminando em trauma maior, devido a morte de um manifestante por força policial militar."




A Maçonaria, representada pela Augusta e Respeitável Loja Simbólica Maçônica Areópago de Itambé nº 17, ainda cita que recebeu informes dando conta sobre "situação de descaso, abandono e dificuldades de gerenciamento que tomam conta na atualidade da 3ª Companhia Independente da Polícia Militar - CIPM - no Município de Goiana, responsável pelo patrulhamento da cidade de Itambé. Os informes apontam que a situação interna entre o comando e os comandados da mencionada subunidade policial militar é de profunda insatisfação, com queixas de humilhações, agressões e assédio morais e desrespeito praticados por superiores contra subordinados, onde são obrigados a fazer trabalhos sem pagamento de diárias, são perseguidos e punidos com frequência sem razões concretas. Além disse, que já é um absurdo, o prédio da 3ª CIPM (Goiana-PE) está em condições sub-humanas."

Segundo ainda a Loja Maçônica de Itambé, "tal lastimável situação refere negativamente no dever do Estado de proteger a sociedade com seus mecanismos de Segurança Pública e termina até por potencializar a insegurança na medida em que o policial militar já sai de sua instituição com o nível de stress muito elevado." (SAIBA MAIS DETALHES EM VÍDEO DO ALOJAMENTO DOS POLICIAIS MILITARES EM GOIANA/PE DENUNCIA CONDIÇÕES SUBUMANAS NA PM, ENQUANTO PAULO CÂMARA GASTA MILHÕES COM MOTOS DA "GRIFE" BMW)






Além do Governador Paulo Câmara e do Procurador Geral de Justiça de Pernambuco, Francisco Dirceu Barros, documentos de mesmo teor foram endereçados à Comissão de Direitos Humanos da ALEPE e à Ordem dos Advogados do Brasil para as providências a seu cargo:




MAIS VISITADAS DO MÊS

Entidades ligadas a empresário preso hoje pela PF, por desvios na Saúde, receberam mais de R$ 781 milhões do Estado e de Prefeituras pernambucanas

EXCLUSIVO: PF PRENDE PREFEITO E VICE DE AGRESTINA

Forbes: Lista de bilionários brasileiros traz 16 cearenses e 6 pernambucanos. Saiba quem são.

Operação Desumano: Orcrim que assalta cofres da Saúde do povo pernambucano há anos é desbaratada em megaoperação da PF, CGU, MPF e MPPE (GAECCO). Prefeituras do Recife e de Jaboatão e empresário, líder da ORCRIM, entre os alvos