SECRETARIA LGBT DO PT REPUDIA CANDIDATURA DE ODACY AMORIM E DECLARA APOIO A MARÍLIA ARRAES AO GOVERNO DE PERNAMBUCO

MARÍLIA ARRAES PRESIDE A FRENTE PARLAMENTAR EM DEFESA DA CIDADANIA LGBT DO RECIFE. JÁ ODACY AMORIM GANHOU A PECHA DE "HOMOFÓBICO" DEPOIS DE VOTAR REITERADAS VEZES CONTRA A CRIAÇÃO DA FRENTE PARLAMENTAR EM DEFESA DOS DIREITOS DOS LGBTS NA ALEPE


Por uma Candidatura Própria, colorida e pró-LGBT do PT ao Governo do Estado de Pernambuco!

Após um processo de reflexão, a *Secretaria LGBT do Partido dos Trabalhadores de Pernambuco* torna público seu posicionamento pela candidatura própria do PT ao Governo de Pernambuco no ano de 2018. A conjuntura que se apresenta exige que o nosso partido apresente uma *candidatura própria* que ofereça uma alternativa ao desgoverno Paulo Câmara e aos partidos golpistas da base do Presidente Ilegítimo Michel Temer.

Nessa direção, a *Secretaria LGBT do PT de Pernambuco* defende a candidatura da companheira Marília Arraes ao Governo do Estado, tendo a compreensão que é essa candidatura que representa nossas demandas pela cidadania LGBT e pelo enfrentamento à LGBTfobia.

Inclusive, Marília Arraes é a presidenta da Frente Parlamentar em defesa da cidadania LGBT de Recife e conta com o apoio maciço dos movimentos sociais de diversidade sexual e gênero da nossa cidade e do nosso Estado.



“Este dia 13 marca um momento que eu quero
tornar realmente oficial a nossa pré-candidatura
 ao Governo de Pernambuco”,
disse Odacy, citando as presenças
do ex-prefeito João Paulo (PT), de Oscar Barreto (PT),
 que representou o diretório estadual,
e do ex-vereador Dilson Peixoto,
representando o senador Humberto Costa (PT).
(Blog da Folha)
Também rechaçamos a possibilidade do PT indicar como pré candidato majoritário ao Governo do Estado de Pernambuco parlamentar que reiteradamente se posiciona de forma contrária aos direitos da população LGBT, a exemplo do seu voto contrário à criação da frente parlamentar LGBT na ALEPE em 2015, da sua participação efetiva na frente parlamentar em defesa da família que discrimina e exclui as composições familiares dos LGBTs , entre outros . Em tempos de derrocada de direitos , se faz necessário apontar políticas de inclusão cidadã e não retroceder aos tempos medievais de negação da nossa diversidade.

Assim, convidamos todas as secretarias e setoriais do PT de Pernambuco a se posicionarem nesse cenário apontando ao diretório estadual o desejo da base de filiados/as que constrói cotidianamente o nosso partido.

É *Marília Arraes* governadora . É 13!

Recife, 14 de dezembro de 2017.

Secretaria LGBT do Partido dos Trabalhadores de Pernambuco.

LEIA MAIS SOBRE A PRÉ-CANDIDATURA DE ODACY AMORIM AO GOVERNO DE PERNAMBUCO EM ODACY AMORIM É INVIÁVEL COMO CANDIDATO PELO PT AO GOVERNO DE PERNAMBUCO! SAIBAM O PORQUÊ

MAIS VISITADAS DO MÊS

Milionários pernambucanos aparecem na "caixa preta" do BNDES anunciada por Bolsonaro. Saiba quem são.

Lava Jato chega a Pernambuco: "Amplo esquema criminoso leva Lava Jato a bloquear mais de R$ 3,5 bilhões do PSB, de FBC, do Espólio de Eduardo Campos, Do MDB e de Eduardo da Fonte além de vários empresários

Cunhado de Paulo Câmara ganha cargo comissionado na Presidência do TRT6. Funcionários veem favorecimento

Veja: Bolsonaro indica para o CADE advogada acusada de vender decisões do STJ para a JBS. A advogada é filha de uma desembargadora federal bolsonarista

Conselheiro do TCE/RJ, ligado ao MDB, é o mandante do assassinato de Marielle, revela inquérito da Policia Federal. O motivo seria vingança contra Freixo por perda do foro privilegiado