Empresa da Máfia da Merenda, alvo da Operação Ratatouielle, COAN foi contratada por Geraldo Júlio, da Prefeitura do Recife, quando já era alvo de investigações do TCE e do Ministério Público Federal

Matéria publicada pelo Diário de Pernambuco em 19/12/2013 (leia AQUI) revela que a empresa alvo da Operação Ratatouielle, da Polícia Civil de Pernambuco, que agora se sabe tratar-se da Geraldo J. COAN e que abrangeu a gestão do ex-prefeito do Cabo de Santo Agostinho, Vado da Farmácia, durante o período em que este ainda era filiado ao PSB (entre 2013 e 2016), revela que no final de 2013, a gestão do atual prefeito do Recife, Geraldo Júlio, também do PSB, mesmo sabendo que a empresa Geraldo J. era investigada por fraudes em licitações, contratou essa empresa para continuar o fornecimento da Merenda Escolar da rede de Ensino da Capital pernambucana, a partir de 2014, juntamente com outra empresa da Máfia da Merenda, a SP Alimentação.
De acordo com a reportagem do Diário, a Geraldo J. Coan fora adquirida pela ERJ Administração e Restaurante de Empresas Ltda. desde 2004, tendo a Prefeitura se utilizado dos preços praticados pela COAN (ERJ) e pela SP como parâmetros para a cotação de preços. Na mesma época também foi contratada a empresa Casa de Farinha.
A reportagem ainda menciona que de 2005 a 2011, durante as gestões de João Paulo e João da Costa, ambos do PT, a prefeitura renovou os contratos com a SP e a Coan através de dispensas de licitação e contratos emergenciais, o que motivou denúncias de vereadores e abertura de auditorias especiais no TCE. As duas empresas são investigadas desde aquela época pelo Tribunal de Contas por supostas irregularidades em pregões e sobrepreço.
De acordo com a Conselheira Teresa Duere, em entrevista a redes de televisão, a empresa fornecia alimentos estragados às crianças.


MAIS VISITADAS DO MÊS

Entidades ligadas a empresário preso hoje pela PF, por desvios na Saúde, receberam mais de R$ 781 milhões do Estado e de Prefeituras pernambucanas

EXCLUSIVO: PF PRENDE PREFEITO E VICE DE AGRESTINA

Forbes: Lista de bilionários brasileiros traz 16 cearenses e 6 pernambucanos. Saiba quem são.

Operação Desumano: Orcrim que assalta cofres da Saúde do povo pernambucano há anos é desbaratada em megaoperação da PF, CGU, MPF e MPPE (GAECCO). Prefeituras do Recife e de Jaboatão e empresário, líder da ORCRIM, entre os alvos