RATATOUILLE: CASA DE FARINHA FORNECIA COMIDA ESTRAGADA, MAL CHEIROSA E EM QUANTIDADE INSUFICIENTE PARA CRIANÇAS, REVELA DELEGADA EM ENTREVISTA

FOTO: TCE

Durante a entrevista coletiva concedida ontem, juntamente com representantes do TCE/PE e do MPPE, a titular da Delegacia de Combate aos Crimes Contra a Administração Pública - DECASP, revelou que a empresa Casa de Farinha, que recebeu mais de R$ 29 milhões da Prefeitura do Cabo de Santo Agostinho para fornecer Merenda Escolar para as Crianças daquele Município, entregava alimentos estragados, malcheirosos e em quantidades inferiores à contratadas nas escolas municipais.

A delegada chegou a revelar que em alguns casos era utilizado um peito de frango para a confecção de uma canja que deveria ser servida a 300 crianças, quando, sabidamente, aquela seria a única refeição daquelas crianças durante o dia e que as crianças estavam passando fome. Além disso, a carne fornecida era de má qualidade e misturada com soja, quando o contrato previa que deveria ter um padrão superior.

Ainda na entrevista, a delegada contou que o dinheiro da merenda fora desviado para que gestores enriquecessem e adquirissem bens de luxo como casas de praia, lanchas, jetskys e até um Porsche.

FOTO: POLÍCIA CIVIL


Só na casa de um ex-secretário da gestão Vado da Farmácia, a Polícia Civil de Pernambuco encontrou mais de R$ 1 milhão em espécie, guardados em caixas de papelão de origem ainda não comprovada.

A delegada revelou que os bens de luxo estaria na posse do ex-prefeito do Cabo Vado da Farmácia que não teria renda para apresentar tamanha evolução patrimonial.

Outro ponto que chamou a atenção da delegada foi a repetição do mesmo esquema que veio a ser verificado pela Operação Tupinambá com as mesmas empresas sendo contratadas com indícios de superfaturamento tanto no Cabo quanto em São Lourenço da Mata, onde o prefeito Bruno Pereira chegou a ser afastado em razão daquela Operação. Tanto no Cabo quanto em São Lourenço foram detectados contratos suspeitos com as empresas Esfera e C. A. Construções.



MAIS VISITADAS DO MÊS

Entidades ligadas a empresário preso hoje pela PF, por desvios na Saúde, receberam mais de R$ 781 milhões do Estado e de Prefeituras pernambucanas

EXCLUSIVO: PF PRENDE PREFEITO E VICE DE AGRESTINA

Forbes: Lista de bilionários brasileiros traz 16 cearenses e 6 pernambucanos. Saiba quem são.

Operação Desumano: Orcrim que assalta cofres da Saúde do povo pernambucano há anos é desbaratada em megaoperação da PF, CGU, MPF e MPPE (GAECCO). Prefeituras do Recife e de Jaboatão e empresário, líder da ORCRIM, entre os alvos