Operação Procurados: Polícia Federal em Pernambuco captura ex-superintende da PRF que estava foragido por condenação por peculato e estelionato

Foto divulgação: Assessoria da PF/PE

Policiais Federais lotados na Superintendência Regional do Departamento de Polícia Federal em Pernambuco dentro da chamada “OPERAÇÃO PROCURADOS” (a operação é contínua e começou a ser colocada em prática desde o ano de 2010 com essa designação e tem por objetivo dar cumprimento à Mandados de Prisão Temporária e Preventiva expedidos pela Justiça Federal e que são de competência da Polícia Federal realizar a sua execução) conseguiram prender, OZÉAS DAS NEVES DO NASCIMENTO, ex-policial rodoviário federal de 64 anos, natural de Barra de Guabiraba/PE e residente em Gravatá/PE.

O aludido policial já foi ex-Superintendente da Polícia Rodoviária Federal em Pernambuco e foi demitido depois de um Processo Disciplinar feito pela Corregedoria do órgão, após a conclusão da investigação criminal feita pela Polícia Federal.


O preso possui antecedentes criminais – e mandado de prisão em aberto desde o dia 27/06/2016– com sentença condenatória de 08 (oito) anos e 10 (dez) meses transitado em julgado em 17/12/2015 – pela prática dos crimes cometidos em novembro de 2000 tipificados nos artigos 312 (peculato: apropriar-se de dinheiro ou valor de que tem a posse em razão do cargo, ou desviá-lo, em proveito próprio ou alheio - pena-2 a 12 anos de reclusão), artigo 171 § 3º (estelionato, defraudação de penhor – 1 a 5 anos de reclusão) e artigo 327, § 2º (crime contra administração pública).

A prisão aconteceu de forma tranquila quando após longos levantamentos na área de inteligência policial tomou-se conhecimento de que o foragido estaria indo levar seu filho e sua mulher para uma clínica médica situada no bairro da Ilha do Leite-Recife/PE – de sorte que foi montada uma equipe de policiais federais no Núcleo de Capturas/PF-PE onde após constatação de que era mesmo o sentenciado da Justiça Federal foi lhe dado voz de prisão! Terminado os trabalhos ostensivos de identificação o preso foi conduzido até a sede da Polícia Federal no cais do Apolo no Bairro do Recife Antigo, onde, após ter sido informado dos seus direitos e garantias constitucionais foi levado para realizar Exame de Corpo de Delito no IML - Instituto de Medicina Legal e em seguida encaminhado para o COTEL-Centro de Observação e Triagem Professor Everardo Luna, onde ficará à disposição da 36ª Vara Federal Privativa de Execuções Penais e Crimes Dolosos contra a Vida.

* Com informações da Assessoria de Comunicação Polícia Federal em Pernambuco

MAIS VISITADAS DO MÊS

Certidão de Óbito autenticada pelo TJPE atesta morte de morador de Prazeres, em Jaboatão, Pernambuco, por coronavírus, mas SES não o inclui nas estatísticas. Secretaria silencia sobre o caso

URGENTE! Governo de Pernambuco estaria escondendo duas mortes por coronavírus. Denúncia é de policiais civis que trabalham no IML que não teriam equipamentos adequados para autópsia

Pacto Pela Morte: Delegados denunciam ordem do Governo Paulo Câmara que facilita prescrição de crimes, principalmente de homicídios, inclusive com ameaças de perseguições contra quem não aceitar prevaricar

Empresário que escapou de quarentena e levou covid-19 para sul da BA é filho de uma desembargadora do TJ/CE, ex-conselheira do CNJ

Direita já se organiza para derrubar Bolsonaro, o louco. Frota protocola impeachment e Janaina decreta: "esse senhor tem que sair"