CNMP fará correição-geral no Ministério Público em Pernambuco no mês de agosto



Entre os dias 20 e 24 de agosto, a Corregedoria Nacional do Ministério Público realiza correição-geral no estado de Pernambuco. Nesse período, uma equipe composta por membros e servidores do Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) fará a verificação do eficiente funcionamento dos serviços prestados no estado pelo Ministério Público da União (Ministério Público Federal, Ministério Público do Trabalho e Ministério Público Militar) e pelo Ministério Público Estadual.

O objetivo é avaliar a efetividade da atuação funcional dos órgãos de forma que seja possível mensurar se as instituições do Ministério Público estão devidamente estruturadas para atender com efetividade às carências sociais, e se os membros e servidores estão atuando de forma harmônica e coordenada para produzir resultados práticos para os cidadãos.

Os trabalhos da Corregedoria Nacional do MP vão avaliar a atuação meio e fim do Ministério Público, de modo que 19 equipes estarão distribuídas no Recife e em cidades-polo como Caruaru, Petrolina, Cabo de Santo Agostinho, Garanhuns, Salgueiro e Serra Talhada. Haverá, ainda, enfoque na área temática da infância e juventude. Serão realizadas visitas aos órgãos de execução do Ministério Público e às unidades de internação, semiliberdade e acolhimento para crianças e adolescentes.

Durante a correição, a equipe da Corregedoria Nacional também fará atendimento direto ao público. Sugestões, reclamações, elogios e denúncias em relação às instituições inspecionadas serão registrados pela Corregedoria. Os locais e horários de atendimento serão divulgados em breve no Portal do CNMP.

Preparação

Em função dos trabalhos correicionais, nessa quinta-feira, 7 de junho, integrantes da Corregedoria Nacional do MP se reuniram com representantes do Ministério Público do Estado de Pernambuco (MP/PE) e dos ramos do MPU para apresentar a metodologia do trabalho que será feito em todas as instâncias do MP sediadas em Pernambuco. O encontro foi realizado no Salão dos Órgãos Colegiados, na sede do MP/PE.

Na ocasião, o coordenador-geral da Corregedoria Nacional, Rinaldo Reis Lima, destacou que a atividade correicional "é de parceria, buscando melhorar a prestação de serviço do MP brasileiro, e não tem a finalidade apenas de procurar erros e punir os responsáveis". Ele ainda informou aos presentes que a Corregedoria está aberta a receber sugestões de todos os membros a fim de aprimorar sua atuação. "Os indicativos de correções que devem surgir são de extrema importância para que possamos sanar eventuais falhas e contribuir para uma prestação de serviço ainda mais qualificado para o povo pernambucano", ressaltou o procurador-geral de Justiça, Francisco Dirceu Barros.

Ainda estiveram no evento, o coordenador de inspeções e correições, Cesar Henrique Kluge (foto); e os membros auxiliares Fabiano Mendes Rocha e Clístenes Bezerra de Holanda.

* Com Informações da Assessoria de Comunicação Social
do Conselho Nacional do Ministério Público


MAIS VISITADAS DO MÊS

Certidão de Óbito autenticada pelo TJPE atesta morte de morador de Prazeres, em Jaboatão, Pernambuco, por coronavírus, mas SES não o inclui nas estatísticas. Secretaria silencia sobre o caso

URGENTE! Governo de Pernambuco estaria escondendo duas mortes por coronavírus. Denúncia é de policiais civis que trabalham no IML que não teriam equipamentos adequados para autópsia

Pacto Pela Morte: Delegados denunciam ordem do Governo Paulo Câmara que facilita prescrição de crimes, principalmente de homicídios, inclusive com ameaças de perseguições contra quem não aceitar prevaricar

Alunos de escola tradicional do Recife fazem apologia ao Nazismo e instituição solta nota de repúdio

Empresário que escapou de quarentena e levou covid-19 para sul da BA é filho de uma desembargadora do TJ/CE, ex-conselheira do CNJ