Policial Federal e esposa respondem a vários processos por estelionato e falsificação de documentos. Mulher tem mandado de prisão em aberto, mas continua solta

28 de jun. de 2018

/ by Blog da Noelia Brito


O policial federal INALDO GOMES DE MELO, lotado na Superintendência de Pernambuco, no Cais do Apolo, responde a um processo na 7ª. Vara Criminal do Recife/PE, juntamente com sua esposa JACIARA VIEIRA GOMES DE MELO, em razão de acusação, formulada pelo Ministério Público de Pernambuco, pela prática de crimes de ESTELIONATO e USO DE DOCUMENTOS FALSOS, em ação penal que já se encontra em fase final (0029340-79.2016.8.17.0001). De acordo com a denúncia formulada pela Promotora de Justiça Ana Maria Sampaio Barros de Carvalho da 53ª Promotoria Criminal, o casal teria falsificado documentos para alienar imóveis de terceiros como e fossem seus.





Além disso, há notícias de Inquéritos Policiais instaurados nas Delegacias de Boa Viagem e Afogados, inclusive tendo o Delegado Igor Tenório Leite representado pela decretação da prisão preventiva da indiciada JACIARA VIEIRA GOMES DE MELO pelos mesmos delitos. 



Recentemente veio à tona que JACIARA VIEIRA GOMES DE MELO ainda teria prisão preventiva decretada desde 2009 em razão da acusação também de ESTELIONATO praticado no estado de Rondônia, cujo processo tramita na 1ª. Vara da Auditoria Militar daquele Estado (0019665-92.2005.8.22.0501).




A pergunta que não quer calar é sobre a permanência de alguém que reitera nos mesmos delitos e ainda tem prisão decretada em liberdade mesmo após ter comparecido em delegacias para prestar depoimentos. É que o mandado de prisão contra JACIARA VIEIRA GOMES DE MELO se encontra cadastrado no Banco Nacional de Mandados de Prisão do Conselho Nacional de Justiça – BNMP/CNJ e não conta sua revogação.



Com a palavra as policias Federal e Civil em Pernambuco.

Nenhum comentário

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

© Todos os direitos reservados - 2021