Morte de Uchoa: Sergio Leite, do PSC, herda mandato enquanto presidência fica com Pastor Cleiton Collins, do PR

Sergio Leite, do PSC, herda o mandato, enquanto Cleiton Collins, do PR, fica com a presidência

Com a morte do deputado estadual e presidente da Assembleia Legislativa de Pernambuco, sua vaga de deputado deve ir para um de seus principais aliados, o ex-petista e ex-candidato à prefeitura de Paulista, Sergio Leite, que deixou o PT e ingressou no PDT pelas mãos de Uchoa.

Com a saída de Guilherme Uchoa do PDT, ocasionada pela negativa desse Partido em dar legenda para que o empresário Junior Uchoa, filho de Guilherme, viesse a disputar uma vaga no Congresso Nacional, por medo de que o empresário tivesse mais votos do que o filho de José Queiroz, cacique do PDT no Estado, o deputado federal Wolney Queiroz, o grupo político comandado por Guilherme Uchoa, o que inclui Sergio Leite, migrou para o PSC, comandado no Estado de Pernambuco pela família Ferreira, que recentemente rompeu com o governo Paulo Câmara e manifestou apoio à candidatura do senador Armando Monteiro ao governo de Pernambuco.

Para migrar para o PSC, Guilherme Uchoa obtivera garantias dos irmãos Ferreira de que caso estes viessem a romper com Paulo Câmara, ele, Uchoa, poderia continuar a apoiá-lo.

Nos bastidores, dava-se, porém, como certa, a ruptura de Guilherme Uchoa com o Palácio para apoiar Paulo Câmara, seguindo o restante de seu Partido, em razão de insatisfações manifestadas em privado contra o governador.

Entretanto, com a morte de Guilherme Uchoa, não se sabe ainda qual será o destino de seus seguidores.

Sabe-se, porém, que a presidência da ALEPE deve ser ocupada provisoriamente pelo primeiro vice-presidente, Pastor Cleiton Collins, do PP, partido comandado pelo deputado federal Eduardo da Fonte e que tem recebido tudo que exige do governo Paulo Câmara, em troca do apoio à reeleição deste,  aponto de gerar insatisfação em vários aliados, a exemplo do Solidariedade, que já acena com uma debandada para o palanque de Armando Monteiro, em razão da perda da Secretaria de Habitação para o mesmo PP a quem Paulo Câmara já garantira a secretaria de Desenvolvimento Econômico e SUAPE.

Apesar da provisoriedade do mandato presidencial de Cleiton Collins, já que o Regimento Interno da Alepe prevê que em caso de vacância de cargo na Mesa Diretora, o cargo será preenchido por meio de nova eleição a ser realizada no prazo de cinco Reuniões Ordinárias, já se cogita da permanência de Collins à frente do Legislativo Estadual, seja em razão de sua fidelidade canina ao governo, seja para atender a Eduardo da Fonte, de quem o governador é hoje praticamente refém.

MAIS VISITADAS DO MÊS

Durante julgamentos de interesse da gestão Geraldo Julio, um dos quais envolvendo a Casa de Farinha, Conselheiros do TCE/PE perdem a calma, gritam e interrompem Procuradora que combate a corrupção no Governo de Pernambuco e na Prefeitura do Recife

Exclusivo: TJPE determina afastamento do Prefeito de Paulista, Junior Matuto, a pedido do Dracco, por desvios de R$ 21 milhões em PPP do lixo com a empresa Locar

"Grampos" da Operação Locador, do DRACCO, mostram temor de investigados de que chefões da gestão Matuto lhes fizessem "mal" e espanto com pagamentos em dinheiro vivo feitos pelo prefeito na compra de terrenos

PF volta à Prefeitura do Recife em mais duas Operações por desvios de recursos públicos na pandemia: Bal MAsqué e Apneia III. Diretor Financeiro é afastado do cargo pro pagar mais de R$ 7 milhões por produtos jamais entregues

Braço direito de Geraldo Julio, João Guilherme Ferraz incentivou e até debochou do fato de serem adquiridos respiradores testados apenas em porcos: "Leia c bons olhos kkkkkkk"