Áureo Cisneiros encontra delegacias fechadas e desmente Paulo Câmara com vídeo-denúncia



Ontem (28), durante debate realizado em uma emissora de radio pernambucana, o atual Governador de Pernambuco e candidato à reeleição, Paulo Câmara, foi categórico ao negar que as delegacias do estado fecham após às 18h, finais de semana e feriados. A denúncia, feita pioneiramente pelo Presidente Licenciado do SINPOL, Áureo Cisneiros, foi apresentada no 2° Dossiê sobre a realidade da Polícia Civil de Pernambuco, divulgado em junho deste ano, e voltou a ser objeto de discussão no debate.

Lamentável e inegavelmente, o Governador mentiu. Em vídeo gravado na madrugada de hoje (29), horas depois da entrevista dada por Paulo Câmara, Áureo comprovou a denúncia que fez, exibindo em tempo real a situação das delegacias da Boa Vista, Água Fria, Espinheiro e Peixinhos: todas fechadas.

"Não são com bravatas ou inverdades que vamos resolver o problema da segurança pública em Pernambuco. Todas as críticas feitas por nós almejaram ser construtivas. Mas, em vez de tentar resolver os problemas expostos, Paulo Câmara tem preferido esconder a realidade e punir quem tenta apontar soluções. Não por acaso, toda a diretoria executiva do SINPOL está enfrentando punições simplesmente pelo exercício de suas atribuições sindicais", afirmou Áureo Cisneiros à reportagem do Blog da Noelia Brito


MAIS VISITADAS DO MÊS

Entidades ligadas a empresário preso hoje pela PF, por desvios na Saúde, receberam mais de R$ 781 milhões do Estado e de Prefeituras pernambucanas

Mapa da Vergonha: Pernambuco é o Estado com o maior número de irregularidades investigadas na pandemia, aponta documento da Polícia Federal

EXCLUSIVO: PF PRENDE PREFEITO E VICE DE AGRESTINA

Forbes: Lista de bilionários brasileiros traz 16 cearenses e 6 pernambucanos. Saiba quem são.

Operação Desumano: Orcrim que assalta cofres da Saúde do povo pernambucano há anos é desbaratada em megaoperação da PF, CGU, MPF e MPPE (GAECCO). Prefeituras do Recife e de Jaboatão e empresário, líder da ORCRIM, entre os alvos