Secretaria de Educação de Pernambuco prorroga contrato com Casa de Farinha investigada pelas Polícias Federal e Civil, MPF e MPPE e TCE por fraudes em licitações

DOE, Pág. 19

O governo Paulo Câmara segue ignorando totalmente que a empresa Casa de Farinha é investigada por simplesmente todos os órgãos de controle do Brasil e que vão desde a Polícia Civil de Pernambuco, por determinação do TCE/PE e do MPPE e ainda pela Polícia Federal e pelo Ministério Público Federal e não apenas contratou essa empresa, sem licitação, para que continue fornecendo alimentos para pacientes do Hospital dos Servidores do Estado, como decidiu prorrogar contrato já existente para que siga fornecendo alimentos para a Rede Estadual de Ensino.

MAIS VISITADAS DO MÊS

Microempresas com capital social de R$ 200 mil e R$ 300 mil, alvos da Operação da Deccot, que cumpriu mandados também na Prefeitura do Recife, foram agraciadas com contratos de mais de R$ 18,6 milhões com a Prefeitura do Recife, na pandemia

Advogado dos Bolsonaro, Wasef, teve pedido de prisão em inquérito que investigou seita satanista suspeita de matar crianças em rituais. Seita tinha integrantes também em Pernambuco

Exclusivo: Saiba quem são todos os 41 alvos das Operações Casa de Papel e Antídoto, deflagradas hoje, pela PF, e que também teve como alvos as Prefeituras do Recife, do Cano, de Paulista e de Olinda

É tetra! Prefeitura do Recife recebe a quarta "visita" da Polícia por fraudes na pandemia, desta vez foi a DECOT. A prefeitura nega envolvimento

Casa de Papel: ex-Gerente Geral da Secretaria de Governo de Geraldo Júlio é suspeito de intermediar contratos milionários da ALEPE com empresas de fachada "especializada em lavagem de dinheiro", aponta PF