Operação Abismo: Lista de presos inclui além do prefeito Lula Cabral, advogado e pastor lobista preso na Torrentes. Conheça os nomes!

Lula Cabral é prefeito do Cabo de Santo Agostinho e considerado um dos políticos mais influentes do Partido em Pernambuco (na foto, Lula Cabral aparece ao lado do senador Humberto Costa, do PT e do presidente do PSB, Sileno Guedes, Secretário de Governo da Prefeitura do Recife, comandada por Geraldo Júlio, também do PSB)


O Blog da Noelia Brito obteve, com exclusividade, a Lista dos investigados pela Operação Abismo, da Polícia Federal, que prendeu hoje o prefeito do Cabo de Santo Agostinho, do PSB, por suspeita de recebimento de propina para gastar R$ 90 milhões da Previdência dos Servidores Municipais daquele Município com "títulos podres".

O relator do processo Nº  0000295-31.2017.4.05.0000, DES. FED. EDILSON PEREIRA NOBRE JUNIOR, recebeu 15 pedidos de prisão pela Polícia Federal, mas autorizou somente as seguintes:

PRISÕES PREVENTIVAS :
1. DANIEL PEREIRA DA COSTA LUCAS (advogado, pastor evangélico e lobista)
2. FABRICIO FERNANDES FERREIRA DA SILVA (Corretor da Corretora Gradual, sócio e diretor da OAK Asset Management)
3. FERNANDA FERRAZ BRAGA DE LIMA E FREITAS (controladora da Corretora Gradual)
4. GABRIEL PAULO GOUVEIA DE FREITAS JUNIOR (controlador da corretora Gradual)
5. GEAN IAMARQUE IZIDIO DE LIMA (consultor de valores imobiliários)
6. JOSÉ BARBOSA MACHADO NETO (Sócio da BittenPar)
7. JOSÉ CARLOS LOPES XAVIER DE OLIVEIRA (ex-presidente no Brasil do banco BNY Mellon)
8. LUIZ CABRAL DE OLIVEIRA FILHO (prefeito do Cabo de Santo Agostinho)

BUSCA E APREENSÃO:
1. QUITÉRIA KERLY GUEDES DE LIRA  (Advogada)

As empresas que teriam participado das fraudes na gestão dos fundos da CABOPREV são a TERRA NOVA GESTÃO DE RECURSOS LTDA  e  BRIDGE ADMINISTRADORA DE RECURSOS LTDA, esta última já investigada nas Operações PAUSARE, RIZOMA e ENCILHAMENTO, da Polícia Federal, bem como na CPI dos Fundos de Pensão.

Ainda segundo nossas fontes, informações vitais para o desencadeamento da Operação teriam sido obtidas a partir da prisão, na Operação Torrentes, do advogado e pastor Daniel Pereira da Costa Lucas, quando da perícia realizada pela Polícia Federal em seu celular.

Daniel Lucas é apontado como lobista e em seu celular teriam sido resgatadas mensagens que revelaram a existência do esquema fraudulento no Cabo, que teria o próprio Daniel Lucas como intermediário entre o prefeito Lula Cabral e as empresas fraudadoras.



MAIS VISITADAS DO MÊS

Entidades ligadas a empresário preso hoje pela PF, por desvios na Saúde, receberam mais de R$ 781 milhões do Estado e de Prefeituras pernambucanas

EXCLUSIVO: PF PRENDE PREFEITO E VICE DE AGRESTINA

Mapa da Vergonha: Pernambuco é o Estado com o maior número de irregularidades investigadas na pandemia, aponta documento da Polícia Federal

Forbes: Lista de bilionários brasileiros traz 16 cearenses e 6 pernambucanos. Saiba quem são.

Operação Desumano: Orcrim que assalta cofres da Saúde do povo pernambucano há anos é desbaratada em megaoperação da PF, CGU, MPF e MPPE (GAECCO). Prefeituras do Recife e de Jaboatão e empresário, líder da ORCRIM, entre os alvos