OPERAÇÃO ABISMO: TRF5 DECRETA PRISÃO DE MAIS UM EMPRESÁRIO E PRORROGA PRISÕES TEMPORÁRIAS. PREFEITO DO CABO SEGUE PRESO PREVENTIVAMENTE

Prefeito do Cabo de Santo Agostinho, Lula Cabral, segue preso preventivamente no Cotel

A Policia Federal, por sua assessoria de comunicação, acaba de confirmar que o Tribunal Regional Federal da 5ª Região decretou a prisão de mais um suspeito de envolvimento na Operação Abismo, que desbaratou uma organização criminosa responsável por fraudes na Previdência dos Servidores do Cabo de Santo Agostinho.

De acordo com a nota, com a prisão de ontem, realizada em Boa Viagem, por volta das 22 horas, quando o empresário chegava em sua residência, subiu para 23 o número de prisões decretadas na Operação. Logo após tomar ciência de sua prisão, o empresário que não teve o nome revelado, em razão do sigilo do inquérito mantido pelo desembargador relator, apesar de pedidos da PF e do MPF para que o sigilo fosse levantado, foi encaminhado para o COTEL.

Ontem também foram renovadas por mais 5 dias todas as prisões temporárias e os materiais apreendidos de outros estados já estão começando a chegar em Recife/PE, onde passarão por análise e perícia especializada – Dentre as apreensões estão dinheiro, carros de luxos, equipamentos de informática e documentos fiscais.


MAIS VISITADAS DO MÊS

PF flagrou 114 contatos telefônicos entre desembargadora afastada e traficante de drogas e assaltante de carro-forte

Contrato da iluminação pública de Olinda leva à condenação da vice-governadora de Pernambuco e ex-prefeita do município por improbidade administrativa com suspensão dos direitos políticos por seis anos

Corruptocracia Pernambucana: Prefeito com tornozeleira é recebido com festa ao retornar ao cargo depois de desviar quase cem milhões da Previdência. Veja o vídeo

STF derruba sigilo de gastos da Presidência e Bolsonaro terá que mostrar faturas milionárias do cartão corporativo

Cabos da PM/PE denunciam que governo de Pernambuco só promove oficiais: "Quanta injustiça numa única corporação!"