Não é "Fake News"! Vereadores do Cabo "autorizam" prefeito preso no Cotel por corrupção a se ausentar do Município com garantia de remuneração! Blog mostra Resolução!

Rindo à toa


Os políticos de Pernambuco não cansam de surpreender negativamente à população que passa vergonha nacional a cada notícia divulgada sobre as verdadeiras presepadas desses senhores de moral abaixo da média.

A última "escandalice" da politicalha pernambucana foi praticada por vereadores na Câmara da cidade do Cabo de Santo Agostinho, que já teve parte de sua Mesa Diretora afastada na Operação Ghost sob a acusação da prática dos crimes de peculato e lavagem de dinheiro, por, segundo a extinta Decasp, abrigarem funcionários fantasmas em seus gabinetes em troca de ficarem com os salários dos assessores.

Pois bem, achando pouco ter sido alvo de Operação policial, a Câmara dos Vereadores, por meio de uma Resolução assinada pelos vereadores Vicente Mendes Silva Neto (presidente), Flavio Atila Silva Leite (primeiro vice-presidente), Josafá Gomes da Silva (segundo vice-presidente), Everaldo Cabral de Oliveira Junior (primeiro secretario) e Jefferson Marcos Bezerra (segundo secretario) concedeu "licença para se ausentar do Município ao Prefeito Luiz Cabral de Oliveira Filho, pelo prazo de 90 dias, sem prejuízo da remuneração".

Acontece que Lula Cabral, como é conhecido o prefeito, que é do PSB, está afastado do cargo por ordem do TRF da 5ª Região, prisão inclusive mantida pelo STJ, encontrando-se preso no Cotel, por ter sido alvo da Operação da Polícia Federal que desbaratou um esquema criminoso responsável por desviar a impressionante quantia de R$ 92 milhões da Previdência dos Servidores do Município.

Se Lula Cabral, que é um rico empresário do ramo de transportes tendo inclusive uma das empresas investigadas por lavagem de dinheiro oriundo de corrupção já está afastado do cargo de prefeito por ordem judicial e por suspeita de desviar recursos municipais, como podem esses vereadores lhe concederem licença?

A notícia de tão impactante e absurda gerou desconfiança de que nem fosse verdadeira. Mas nosso Blog foi atrás do documento e confirmou que não era fake news, é falta de decoro mesmo!


MAIS VISITADAS DO MÊS

PF flagrou 114 contatos telefônicos entre desembargadora afastada e traficante de drogas e assaltante de carro-forte

Contrato da iluminação pública de Olinda leva à condenação da vice-governadora de Pernambuco e ex-prefeita do município por improbidade administrativa com suspensão dos direitos políticos por seis anos

Corruptocracia Pernambucana: Prefeito com tornozeleira é recebido com festa ao retornar ao cargo depois de desviar quase cem milhões da Previdência. Veja o vídeo

STF derruba sigilo de gastos da Presidência e Bolsonaro terá que mostrar faturas milionárias do cartão corporativo

Cabos da PM/PE denunciam que governo de Pernambuco só promove oficiais: "Quanta injustiça numa única corporação!"