NO PLANTÃO, TOFFOLI MANDA SOLTAR LULA CABRAL, PREFEITO ACUSADO DE DESVIAR MAIS DE R$ 100 MILHIÕES DA PREVIDÊNCIA DOS SERVIDORES DO CABO


O Ministro Dias Toffoli mandou soltar o prefeito afastado do Cabo de Santo Agostinho, Lula Cabral, que estava preso no Cotel desde outubro do ano passado, por determinação do TRF da 5. Região, por suspeitas de ser o comandante de uma organização criminosa responsável por desviar mais de R$100 milhões da Previdência dos Servidores Municipais.

Além disso, Lula Cabral também é suspeito de usar o cargo de prefeito para intimidar testemunhas, razão pela qual sua prisão foi confirmada pelo STJ em Habeas Corpus anteriores impetrados por sua defesa.

Apesar do Habeas Corpus ser da relatoria da ministra Carmen Lúcia, Toffoli foi responsável por despachar o pedido por estar de plantão durante o recesso forense.

MAIS VISITADAS DO MÊS

EXCLUSIVO: PF PRENDE PREFEITO E VICE DE AGRESTINA

Mapa da Vergonha: Pernambuco é o Estado com o maior número de irregularidades investigadas na pandemia, aponta documento da Polícia Federal

Entidades ligadas a empresário preso hoje pela PF, por desvios na Saúde, receberam mais de R$ 781 milhões do Estado e de Prefeituras pernambucanas

Operação Desumano: Orcrim que assalta cofres da Saúde do povo pernambucano há anos é desbaratada em megaoperação da PF, CGU, MPF e MPPE (GAECCO). Prefeituras do Recife e de Jaboatão e empresário, líder da ORCRIM, entre os alvos