DUZENTOS POLICIAS DE TODO O PAÍS FAZEM ATO CONTRA DEMISSÃO DO PRESIDENTE DO SINPOL/PE POR GOVERNADOR CUJO SECRETÁRIO DE JUSTIÇA SE GABA DE BATER PAPO COM PRESIDIÁRIOS PELO CELULAR



Em congresso, Policiais Civis de todo o país realizam ato contra demissão de Áureo Cisneiros, nesta quinta-feira (7) Nesta quinta-feira (7), como parte da programação oficial do 5° Congresso da Federação Interestadual dos Trabalhadores Policiais Civis da Região Nordeste (Confeipol-NE), cerca de 200 Policiais de todo o país se juntarão às Centrais Sindicais que atuam em Pernambuco para realizar um ato contra a iminente demissão do Presidente do Sinpol, Áureo Cisneiros.


ENTENDA O CASO:

O governo Paulo Câmara instaurou 15 procedimentos administrativos para demitir o Comissário de Polícia Áureo Cisneiros, presidente reeleito do Sindicato dos Policiais Civis de Pernambuco, com mais de 80% dos votis da categoria para puni-lo por denunciar malfeitos e má gestão do governo. Em um dos inquéritos, Cisneiros é acusado de denunciar que cadáveres estariam apodrecendo no IML em razão de defeitos nos "freezers" do Instituto, no Recife.

No último procedimento instaurado, o governo alegou que o policial era contumaz em fazet tais denúncias e expediu um relatório pema demissão de Áureo.

Ao mesmo tempo, o Secretário de Justiça Pedro Eurico revela que dá seu celular aos presos para qur estes possam contactá-lo e critica o Secretário do Ceará, Coronel Mauro Albuquerque por endurecer fiscalização nos presídios cearenses, recolhendo milhares de celulares nas celas.

Uso de celulares por presos é terminantemente proibido, mas nem o governo de Pernambuco nem o MPPE veem nada demais na conduta do Secretário.

SERVIÇO:
Data: Quinta-feira (7) Horário da Concentração: 10h Local: Parque 13 de Maio

MAIS VISITADAS DO MÊS

Certidão de Óbito autenticada pelo TJPE atesta morte de morador de Prazeres, em Jaboatão, Pernambuco, por coronavírus, mas SES não o inclui nas estatísticas. Secretaria silencia sobre o caso

URGENTE! Governo de Pernambuco estaria escondendo duas mortes por coronavírus. Denúncia é de policiais civis que trabalham no IML que não teriam equipamentos adequados para autópsia

Pacto Pela Morte: Delegados denunciam ordem do Governo Paulo Câmara que facilita prescrição de crimes, principalmente de homicídios, inclusive com ameaças de perseguições contra quem não aceitar prevaricar

Empresário que escapou de quarentena e levou covid-19 para sul da BA é filho de uma desembargadora do TJ/CE, ex-conselheira do CNJ

Direita já se organiza para derrubar Bolsonaro, o louco. Frota protocola impeachment e Janaina decreta: "esse senhor tem que sair"