EM NOTA, SIMPERE COBRA NOVO SECRETARIO DE EDUCAÇÃO DA PCR, PAGAMENTO DE DÍVIDAS DO ANTECESSOR COM A CATEGORIA E MARCA MOBILIZAÇÃO PARA PRÓXIMA SEMANA


O prefeito Geraldo Júlio realizou várias mudanças em seu secretariado visando turbinar os dois últimos anos de sua gestão, já que pretende se cacifar para a sucessão de Paulo Câmara. Dentre as mudanças, destaca -se a ocorrida na Secretaria de Educação que vinha sendo alvo de várias ações judiciais e inquéritos inclusive da Polícia Federal por causa dos contratos superfaturadis com a empresa Casa de Farinha, alvo de várias operações policiais e do MPPE contra a chamada Máfia da Merenda.

O SIMPERE, que denunciou a atuação da Máfia da Merenda na Prefeitura do Recife ao TCE e ao MPPE, acaba de divulgar nota cobrando o novo Secretário de Geraldo para que responda por dívidas da Prefeitura com a categoria e já convocou uma mobilização na Prefeitura para a próxima semana.




Leiam a nota na íntegra:

"O novo secretário de educação, Bernardo Juarez D’Almeida, assumiu a pasta no último dia 3 de janeiro, substituindo Alexandre Rebêlo que foi para a Secretária de Planejamento do Estado de Pernambuco. Bernardo Juarez assume uma dívida com os docentes do Recife, deixada pelo seu antecessor. Sindicato marca nova mobilização para próxima segunda (4), às 8h, na prefeitura.  Diante disso, o Sindicato dos professores do Recife (Simpere) encaminhou um ofício com várias reivindicações básicas dos professores da rede de ensino da cidade (ver na íntegra em anexo). Entre eles: reajuste salarial de acordo com a lei do magistério ; agilidade na mudança de faixa; celeridade no processo de aposentadoria e dos readaptados; concurso público para reduzir o déficit de professores; cumprimento da Aula Atividade; envio direto para Câmara de Vereadores o PCCR revisado pela comissão paritária em 2014; reforma e construção de unidades escolares; eleição direta para diretores; pagamento do abono educador de 2017 e melhoria na qualidade das merendas. Mesmo diante de tantos problemas , a Secretaria de Educação, sobre o comando de Bernardo,  decidiu retirar a autonomia dos professores sobre a aula atividade. Com o Gestor em Rede (Circular Interna da Educação), o novo secretário decidiu, de forma unilateral, preencher todos os dias de aula atividade dos professores com eventos realizados pela prefeitura. Até o ano passado ,  era uma atividade mensal da prefeitura e três do professor. A diretora de comunicação do Simpere Sandra de Souza falou sobre isso na abertura do ano letivo das escolas infantis no Centro de Formação Paulo Freire. “É um absurdo que um dos primeiros atos de Bernardo à frente da Secretaria de Educação seja a retirada da autonomia de nossa aula atividade. A lei nos garante ⅓ das aulas para planejarmos, corrigirmos provas, prepararmos as aulas de forma individual. Com o novo calendário, todos os professores irão ter seus dias de aula atividade ocupados com atividades planejadas pela secretaria e nenhum momento específico para nossas elaborações”. Um novo protesto está sendo programado pelos professores para o dia da abertura solene do ano letivo que acontecerá na próxima segunda-feira (4) às 8h da manhã, no Centro de Convenções- Teatro Guararapes , a ideia do sindicato é trazer a público todas as pendências que a prefeitura tem com professores do Recife."

MAIS VISITADAS DO MÊS

Entidades ligadas a empresário preso hoje pela PF, por desvios na Saúde, receberam mais de R$ 781 milhões do Estado e de Prefeituras pernambucanas

EXCLUSIVO: PF PRENDE PREFEITO E VICE DE AGRESTINA

Forbes: Lista de bilionários brasileiros traz 16 cearenses e 6 pernambucanos. Saiba quem são.

Operação Desumano: Orcrim que assalta cofres da Saúde do povo pernambucano há anos é desbaratada em megaoperação da PF, CGU, MPF e MPPE (GAECCO). Prefeituras do Recife e de Jaboatão e empresário, líder da ORCRIM, entre os alvos