MPPE CRIA FORÇA TAREFA PARA INVESTIGAR CRIMES CONTRA A ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA EM JABOATÃO DOS GUARARAPES. LEIAM A PORTARIA



O Diário Oficial Eletrônico do MPPE de amanha trará Portaria assinada pela Procuradora Geral de Justiça Lais Coelho Cavalcanti determinando a criação de um Grupo de Atuação Criminal Especial (GACE) "para atuar nos inquéritos civis e criminais, relativos a supostas práticas de crimes contra a Administração Pública, e atos de improbidade administrativa praticados no município de Jaboatão dos Guararapes, bem como em todos os seus desdobramentos. "

Para compor o GACE em Jaboatão foram designados os Promotorea de Justiça Ana Luiza Pereira da Silveira Figueiredo, 4ª Promotora de Justiça de Defesa da Cidadania de Jaboatão dos Guararapes, Érika Sampaio Cardoso Kraychete, 7ª Promotora de Justiça Criminal de Jaboatão dos Guararapes, Dinamérico Wanderley Ribeiro de Souza, 8º Promotor de Justiça Criminal de Jaboatão dos Guararapes, e Christiana Ramalho Leite Cavalcante, 3ª Promotora de Justiça de Defesa da Cidadania de Paulista. "

Leiam Portaria na íntegra:

PORTARIA POR-PGJ Nº 325/2019
Recife, 5 de fevereirode 2019.


O PROCURADOR-GERAL DE JUSTIÇA, no uso de suas atribuições legais, previstas no 9º, inc. V, da Lei Complementar nº 12, de 27 de dezembro de 1994 e Resolução RES-PGJ 004, de 09 de fevereiro de 2018; CONSIDERANDO a comunicação do CAOP Criminal, que encaminhou solicitação da Promotoria de Justiça de Jaboatão dos Guararapes com os fatos e motivos justificados; CONSIDERANDO o disposto no art. 9º da Resolução PGJ nº 004/2018, que regulamenta, dentre outros, os grupos de trabalho no âmbito do Ministério Público de Pernambuco; CONSIDERANDO ainda o interesse público relevante e indisponível; CONSIDERANDO, por fim, a necessidade e a conveniência do serviço; RESOLVE: Art. 1º Instituir o Grupo de Atuação Criminal Especial (GACE) para atuar nos inquéritos civis e criminais, relativos a supostas práticas de crimes contra a Administração Pública, e atos de improbidade administrativa praticados no município de Jaboatão dos Guararapes, bem como em todos os seus desdobramentos. Art. 2º Ficam designados para compor o GACE ora instituído, com atuação em conjunto ou separadamente, os Membros Ana Luiza Pereira da Silveira Figueiredo, 4ª Promotora de Justiça de Defesa da Cidadania de Jaboatão dos Guararapes, Érika Sampaio Cardoso Kraychete, 7ª Promotora de Justiça Criminal de Jaboatão dos Guararapes, Dinamérico Wanderley Ribeiro de Souza, 8º Promotor de Justiça Criminal de Jaboatão dos Guararapes, e Christiana Ramalho Leite Cavalcante, 3ª Promotora de Justiça de Defesa da Cidadania de Paulista. Art. 3º Designar o Promotor de Justiça Luís Sávio Loureiro da Silveira, Coordenador do CAOP Criminal, para exercer a coordenação do GACE, em conformidade com o disposto no art. 9º, § 3º, da Resolução PGJ nº 004/2018. Art. 4º Esta portaria produzirá efeitos por 120 (cento e vinte) dias, retroativos ao dia 07/01/2019. Publique-se. Registre-se. Cumpra-se. Lais Coelho Teixeira Cavalcanti PROCURADORA-GERAL DE JUSTIÇA, EM EXERCÍCIO

MAIS VISITADAS DO MÊS

Certidão de Óbito autenticada pelo TJPE atesta morte de morador de Prazeres, em Jaboatão, Pernambuco, por coronavírus, mas SES não o inclui nas estatísticas. Secretaria silencia sobre o caso

URGENTE! Governo de Pernambuco estaria escondendo duas mortes por coronavírus. Denúncia é de policiais civis que trabalham no IML que não teriam equipamentos adequados para autópsia

Pacto Pela Morte: Delegados denunciam ordem do Governo Paulo Câmara que facilita prescrição de crimes, principalmente de homicídios, inclusive com ameaças de perseguições contra quem não aceitar prevaricar

Empresário que escapou de quarentena e levou covid-19 para sul da BA é filho de uma desembargadora do TJ/CE, ex-conselheira do CNJ

Direita já se organiza para derrubar Bolsonaro, o louco. Frota protocola impeachment e Janaina decreta: "esse senhor tem que sair"