MPPE QUE TRABALHA: PROMOTOR MANDA SECRETARIA E CONSELHO DAREM EXPLICAÇÕES SOBRE DESCASO COM VÍTIMAS DE QUADRILHEIROS POR PROGRAMA DE PROTEÇÃO. BLOG APURA CASOS DE VAZAMENTOS DA LOCALIZAÇÃO DAS VÍTIMAS PARA POLÍTICOS QUE AS AMEAÇAM


Secretário de Justiça e Direitos Humanos, Pedro Eurico, o mais intocável dos Secretários de Paulo Câmara, assiste missa ao lado do Governador e do assessor especial Antônio Figueira 

A Promotoria de Defesa dos Direitos Humanos, que tem à frente o atuante Promotor de Justiça Maxuell Vignoli, investiga denúncias de que o Programa de Proteção a Defensores dos Direitos Humanos do Governo de Pernambuco estaria tratando com descaso as ameaças contra defensores e denunciantes de crimes cometidos por grupos de extermínio, chegando ao cúmulo de desligar essas vítimas dos programas de Proteção, deixando-as a mercê da própria sorte para serem mortas pela bandidagem que deveria estar atrás das grades e sem contato com os demais membros de suas facções criminosas e não com acesso livre a celulares onde podem ficar de bate-papo até com o Secretário de Justiça Pedro Eurico, que se gaba de dar seu número de celular para os presos e ainda critica o Secretário linha dura do Cerá, Coronel Mauro Albuquerque. 

Leia

Após ouvir a defensora ELEONORA PEREIRA,  cujo desligamento injustificado do Programa de Proteção foi denunciado por nosso Blog (Leia em GOVERNO PAULO CÂMARA NEGA PROTEÇÃO A "MÃE PELA IGUALDADE" AMEAÇADA POR ASSASSINOS DE SEU FILHO E MESMO FILIADA AO PT, PARTIDO SILENCIA), o  MPPE deu prazo de 5 dias para que a Secretaria de Direitos Humanos de Paulo CÂMARA e o Conselho de Proteção dê EXPLICAÇÕES e garanta proteção a ELEONORA PEREIRA. 

Leiam trecho do despacho do Promotor de Justiça Maxuell Vignoli: 



Após a denúncia de nosso Blog, várias entidades de Defesa dos Direitos Humanos e LGBTs se dispuseram a abraçar a Defesa da vida de Eleonora, buscando inseri-la em programas nacionais de Proteção, de modo a suprir a desídia do Governo de Pernambuco com sua vida, para alegria daqueles que a ameaçam.

Dentre as entidades que se sensibilizaram e ofereceram auxílio a Eleonora destacamos a REDE NACIONAL DE OPERADORES DE SEGURANÇA PÚBLICA LGBTI, TERRA DE DIREITOS, JUSTIÇA GLOBAL e MÃES PELA DIVERSIDADE.

Secretário Mauro Albuquerque, que denunciou corrupção da cúpula da Secretaria de Justiça do Ceará que embasou as Operações Masmorras Abertas, Mecenas, Correria  e Ligações Clandestinas do GAECO do MPCE é alvo de críticas do Secretário de Justiça de Pernambuco, Pedro Eurico

Após a divulgação do descaso dos Programas de Proteção do Governo de Pernambuco, outros casos foram denunciados ao Blog sobre irregularidades no âmbito desses Programas estaduais de Pernambuco. De acordo com as novas denúncias que estamos apurando e cujos detalhes divulgaremos oportunamente, além de não cumprirem as normas do próprio Programa, que manda que o governo arque com o pagamento do valor correspondente ao salário que o protegido faria jus se não tivesse que integrar o programa, dados da localização do "protegido" teriam sido vazados para os criminosos que atentaram contra suas vidas. Num dos casos que estamos apurando, a localização de uma vítima teria sido vazada para políticos que estariam oferecendo R$ 25 mil pela execução de um jornalista.

MAIS VISITADAS DO MÊS

Entidades ligadas a empresário preso hoje pela PF, por desvios na Saúde, receberam mais de R$ 781 milhões do Estado e de Prefeituras pernambucanas

EXCLUSIVO: PF PRENDE PREFEITO E VICE DE AGRESTINA

Forbes: Lista de bilionários brasileiros traz 16 cearenses e 6 pernambucanos. Saiba quem são.

Operação Desumano: Orcrim que assalta cofres da Saúde do povo pernambucano há anos é desbaratada em megaoperação da PF, CGU, MPF e MPPE (GAECCO). Prefeituras do Recife e de Jaboatão e empresário, líder da ORCRIM, entre os alvos