PERSEGUIDO PELO GOVERNO PAULO CÂMARA, ÁUREO CISNEIROS OBTÉM LIMINAR QUE LHE GARANTE LOTAÇÃO NO SINPOL. ÁUREO É PRESIDENTE REELEITO DA ENTIDADE



Em ação ganha pelo Sinpol, Justiça estabelece prazo para que governo publique lotação de Áureo Cisneiros na entidade

Atendendo a uma ação judicial impetrada ano passado pelo Sinpol, o Juiz Raimundo Nonato decidiu liminarmente dar dois dias de prazo para que o Estado expeça a portaria de lotação do Presidente do Sinpol, Áureo Cisneiros, no sindicato presidido por ele.

Entenda o caso: É de conhecimento público que Áureo foi candidato a deputado estadual por Pernambuco nas últimas eleições. Para tanto, atendendo a Lei Eleitoral brasileira, se desincompatibilizou do cargo que ocupava no Sinpol. Como não foi eleito deputado, também de acordo com a Lei, oficiou ao Estado o seu retorno às atividades à frente do Sindicato, que preside até 2020. Mas, surpreendentemente o Governo de Pernambuco não só ignorou a lei, como quis obrigar o Presidente do Sinpol a comparecer diariamente ao setor de Recursos Humanos do Estado, claramente como forma de inviabilizar sua atuação sindical. Não satisfeito, o Governo ainda instaurou mais um Processo Administrativo Disciplinar (PAD) para apurar as “faltas” que o Presidente do Sindicato teria acumulado por não comparecer ao GRH. Contudo, o SINPOL também conseguiu reverter a situação através de outra ação judicial. Sem dúvida esse é mais um caso que evidencia a sistemática perseguição Política que enfrenta o Presidente do Sinpol em razão de suas atividades. Foi necessário que o setor jurídico do sindicato agisse para que algo natural, quase automático, venha a se concretizar. A liminar, que foi assinada no dia primeiro de fevereiro, deve ser entregue oficialmente ao Governo ainda esta semana, quando começará a contagem do prazo dado para que o Estado corrija esse grande abuso e publique a lotação de Áureo Cisneiros no Sinpol.

* Com informaçõesda Assessoria de Comunicação do SINPOL
Leia a liminar na integra: http://www.sinpol-pe.com.br/novo/wp-content/uploads/Liminar-desincompatibilização.pdf

MAIS VISITADAS DO MÊS

Certidão de Óbito autenticada pelo TJPE atesta morte de morador de Prazeres, em Jaboatão, Pernambuco, por coronavírus, mas SES não o inclui nas estatísticas. Secretaria silencia sobre o caso

URGENTE! Governo de Pernambuco estaria escondendo duas mortes por coronavírus. Denúncia é de policiais civis que trabalham no IML que não teriam equipamentos adequados para autópsia

Pacto Pela Morte: Delegados denunciam ordem do Governo Paulo Câmara que facilita prescrição de crimes, principalmente de homicídios, inclusive com ameaças de perseguições contra quem não aceitar prevaricar

Empresário que escapou de quarentena e levou covid-19 para sul da BA é filho de uma desembargadora do TJ/CE, ex-conselheira do CNJ

Direita já se organiza para derrubar Bolsonaro, o louco. Frota protocola impeachment e Janaina decreta: "esse senhor tem que sair"