Prisão preventiva e afastamento do prefeito de Camaragibe teve parecer favorável do MPPE, mas foi negada pelo TJPE

27 de mar. de 2019

/ by Blog da Noelia Brito

Apesar do parecer favorável do Ministério Público de Pernambuco, o pedido de prisão preventiva e o afastamento do prefeito de Camaragibe Demóstenes Meira foi negado pelo desembargador relator do pedido feito pelo Departamento de Combate à Corrupção e ao Crime Organizado- Draco.

O desembargador Mauro Alencar de Barros chegou a reconhecer a existência de indícios de materialidade nos crimes de corrupção, lavagem de dinheiro e organização criminosa que seeia comandada pelo prefeito.

Em coletiva na manhã de hoje, a diretora da DRACO revelou que os desvios apurados e imputados à ORCRIM seriam da ordem de R$ 33 milhões.

Nenhum comentário

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

© Todos os direitos reservados - 2021