TJPE afasta secretário de Obras de Camaragibe e determina buscas em condomínio de luxo em Gravatá. Blog denunciou obras fantasmas de pavimentação e drenagem no Município pagos com recursos federais



A Polícia Civil desencadeou, nesta terça-feira (26), a Operação Harpalo, que investiga a prática dos crimes de fraude em licitação, corrupção e lavagem de dinheiro e tem como principal alvo o prefeito Demóstenes Meira, de Camaragibe.

Ao todo, foram emitidas duas medidas protetivas, 11 mandados de busca e apreensão domiciliar, duas suspensões de atividades empresariais e um afastamento cautelar pelo Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE). Apesar da não divulgação dos nomes dos alvos dos mandados, o Blog apurou que o TJPE afastou o secretário de Obras do Municipio de CAMARAGIBE, município da Região Metropolitana do Recife que foi objeto recentemente de matéria deste Blog renunciando obras fantasmas de pavimentação e drenagem de ruas pagas com recursos federais.



Leia http://noeliabritoblog.blogspot.com/2019/02/camaragibe-ruas-continuam-sem.html?m=1

Segundo o G1, desde às 7 da manhã, policiais civis fazem buscas e apreensões na sede da Prefeitura, onfr está proibida a entrada de funcionários até o final das buscas.

As buscas estão sendo feitas na Prefeitura de CAMARAGIBE, nas enpresas envolv9das com as fraudes e nas residências dos investigados, entre eles o prefeito DEMÓSTENES MEIRA, inclusive num condomínio de luxo em Gravatá, onde o prefeito adquiriu recentemente uma mansão.


MAIS VISITADAS DO MÊS

Forbes: Lista de bilionários brasileiros traz 16 cearenses e 6 pernambucanos. Saiba quem são.

Entidades ligadas a empresário preso hoje pela PF, por desvios na Saúde, receberam mais de R$ 781 milhões do Estado e de Prefeituras pernambucanas

Radar: João Campos recebe mais de R$ 5,2 milhões do Fundo Eleitoral do PSB e é recordista nacional de doações

Pesquisa: Marília Arraes e Delegada Patrícia despontam empatadas na liderança da disputa para a PCR e podem protagonizar disputa inédita no Recife