Operação Decantação 3: PF deflagra nova operação contra ORCRIM que fraudava licitações de saneamento em Goiás, por meio de empresas de fachada





Goiânia/GO – A Polícia Fedal deflagrou nesta quinta-feira (4/4) a Operação Decantação 3, com objetivo de desarticular associação criminosa especializada na prática de fraude em licitações na Companhia Saneamento de Goiás – SANEAGO, através de empresas de fachada, com a participação de empresários e agentes públicos.

Cerca de 60 Policiais federais estão dando cumprimento a 3 mandados de prisão temporária e 15 mandados de busca e apreensão, expedidos pela 11ª Vara Federal de Goiás, nos municípios de Goiânia/GO e Inhumas/GO. Também foi determinado o afastamento da função pública de dois servidores da SANEAGO.

São alvos desta terceira fase, um grupo de 11 empresas prestadoras de serviços à SANEAGO suspeitas de fraudarem pelo menos oito procedimentos licitatórios na modalidade Carta Convite e oitenta e três contratações mediante dispensa de licitação, entre os anos de 2012 a 2018.

De acordo com as investigações, decorrente de análises de materiais apreendidos na primeira fase da Operação Decantação, foram criadas empresas de fachada para participarem dos processos licitatórios, cujos resultados eram fruto de ajustes entre os empresários participantes. Apenas quatro dessas empresas foram responsáveis pela execução de 61 obras no Estado de Goiás, entre os anos de 2012 a 2018.

Apurou-se que as fraudes foram realizadas à época com apoio de um membro da Comissão de Licitação e do então pregoeiro da Comissão Permanente de Licitação – CPL da SANEAGO.

Os crimes sob apurações são os de associação criminosa, peculato, corrupção passiva, corrupção ativa e fraudes em processos licitatórios, cujas penas somadas atingem 41 anos de prisão, sem prejuízo de demais implicações penais ao final da investigação.

O nome Decantação faz alusão a um dos processos de tratamento de água, em que ocorre a separação de elementos heterogêneos.

Será realizada entrevista coletiva às 10h no auditório da Superintendência Regional da Polícia Federal, localizada na Av. Edmundo Pinheiro de Abreu, 826 – Setor Pedro Ludovico, Goiânia/GO.



Setor de Comunicação Social da PF em Goiás

MAIS VISITADAS DO MÊS

Entidades ligadas a empresário preso hoje pela PF, por desvios na Saúde, receberam mais de R$ 781 milhões do Estado e de Prefeituras pernambucanas

EXCLUSIVO: PF PRENDE PREFEITO E VICE DE AGRESTINA

Forbes: Lista de bilionários brasileiros traz 16 cearenses e 6 pernambucanos. Saiba quem são.

Operação Desumano: Orcrim que assalta cofres da Saúde do povo pernambucano há anos é desbaratada em megaoperação da PF, CGU, MPF e MPPE (GAECCO). Prefeituras do Recife e de Jaboatão e empresário, líder da ORCRIM, entre os alvos