Operação HARPALO: Secretário de Camaragibe afastado em Operação da DRACO, por suspeita de corrupção, prorrogou contrato R$ 18,4 milhões, do Lixo, poucos dias antes do afastamento. Aditivo só foi publicado hoje. Leiam.





O Diário Oficial de Camaragibe traz hoje a publicação de um Termo Aditivo assinado no dia 12 de março deste ano, pelo secretário de Infraestrutura e Serviços Púbicos daquele Município, Silvano Jackson, prorrogando o contrato com a empresa Camará Ambiental, por mais 12 meses. O Secretário foi afastado do cargo no último dia 26 de março a pedido da DRACO.

A Camará Ambiental é o segundo maior recebedor de recursos do Município de Camaragibe, ficando atrás apenas do Fundo Previdenciário. À Camará foram destinados em 2018 o valor de R$ 12.503.650,56, de acordo com o Portal Tome Conta, do TCE.





*Post editado.

MAIS VISITADAS DO MÊS

Forbes: Lista de bilionários brasileiros traz 16 cearenses e 6 pernambucanos. Saiba quem são.

Radar: João Campos recebe mais de R$ 5,2 milhões do Fundo Eleitoral do PSB e é recordista nacional de doações

Entidades ligadas a empresário preso hoje pela PF, por desvios na Saúde, receberam mais de R$ 781 milhões do Estado e de Prefeituras pernambucanas

Desembargador extingue reclamação do Estado de Pernambuco contra decisão do Juiz que mandou suspender retorno das aulas presenciais

Exclusivo: Geraldo Julio deixou de pagar mais de R$ 8,2 milhões devidos à Reciprev referentes a contribuições previdenciárias dos inativos da PCR, aponta Auditoria do TCE/PE