Para desmoralizar inquéritos contra corruptos do PSB, governo lança cruzada difamatória contra delegada que investigou esquemas. Da tribuna, deputado pego na blitz da lei seca chega ao cúmulo de chamar Patrícia Domingos de "lobista". Assista o vídeo




O deputado estadual Isaltino Nascimento, do PSB, que quando era Secretário de Transportes foi pego na Blitz da lei seca e ainda confessou ter bebido e dirigido com uma filha de três anos no carro, fez um discurso baixo e ofensivo contra a delegada Patrícia Domingos, que quando foi titular da Decasp, especializada em combate à corrupção, prendeu empresários e politicos ligados ao Partido do deputado e do governador Paulo Câmara.

No discurso, feito do alto da tribuna da Alepe, o depurado afirmou que a delegada propagou fake news ao dar entrevistas confirmando convite para trabalhar com Sergio Moro em Brasília. Pior que isso ainda chamou a delegada de "lobista" para dar a entender que  esta teria uma postura duvidosa.

Nosso Blog confirmou ontem, por  meio da publicação do ofício do Ministério da Justiça pedido ao governo  de Pernambuco de cessão da delegada, portanto, diferentemente do que diz o deputado da Lei Seca, a delegada não mentiu. Quem falta com a verdade é quem declara que nao houve o convite. Agora, se o convite foi desfeito, resta saber o porquê e a pedido de quem Moro desistiu de levar a delegada para combater a corrupção.

Está claro que o governo que teve seus aliados da Casa de Farinha, que dava comida podre para as criancas das escolas públicas, presos pela delegada, move uma campanha sórdida para desacreditá-la e, lamentavelmente, está contando com a ajuda de Sergio Moro.

O governo do PSB que extinguiu a delegacia que investigava seus malfeitos agora quer desmoralizar a delegada para com isso desmoralizar as investigações conduzidas por ela. Segundo a Folha de São Paulo, pelo menos seis deputados estaduais estariam sendo investigados por Patrícia Domingos por diversos crimes, quando o governo decidiu extinguir a delegacia de combate à corrupção.

É esse o tipo de tratamento que nós que combatemos a corrupção recebemos em Pernambuco: perseguição de toda ordem e difamações asquerosas.






                                Fonte: UOL


MAIS VISITADAS DO MÊS

Única nota 1000 do ENEM de Pernambuco faz homenagem a seu professor de Português

Exclusivo: Sai João e entra Tadeu na sucessão no Recife

À Época, Antônio Campos afirma ter denunciado, às autoridades, esquema maior do que o da Paraíba, operando em Pernambuco pelas mãos de Renata Campos e do PSB

Coincidência: donos do terreno desapropriado por R$ 38 milhões por Geraldo Julio são parentes de outro prefeito do PSB

Ataques de Secretário de Geraldo Julio contra Patrícia Domingos em debate são confissão de pânico de uma possivel candidatura da policial à Prefeitura do Recife