Prefeitura de Camaragibe envia Nota de Esclarecimento sobre prorrogação do Contrato do Lixo


Por meio de sua Assessoria, a Prefeitura de Camaragibe envia a seguinte Nota de Esclarecimento:

"A Prefeitura Municipal de Camaragibe, por meio da Secretaria de Serviços Públicos, esclarece que o referido contrato foi objeto de uma concorrência pública realizada em 2017, tendo sido todo o processo de elaboração do projeto e do edital, assim como o processo de licitação, auditado pelo Tribunal de Contas do Estado de Pernambuco. O referido contrato é definido como serviço de natureza contínua e, portanto, é um contrato de 12 meses, podendo ser renovado por iguais períodos até um limite de 60 meses, ou seja, não houve prorrogação e sim renovação, conforme previsto na Lei 8.666/93. Ressaltamos que o primeiro ano do contrato se encerraria no dia 15/03/2019, sendo, portanto, a sua renovação realizada corretamente no dia 12/03/2019. O secretário Silvano Queiroz assinou a renovação no dia 12 de março e, nesta data, ainda não tinha ocorrido o seu afastamento. Além disso, reforçamos ainda que o valor global do contrato engloba 10 serviços, sendo que a medição e o pagamento refere-se apenas aos serviços efetivamente executados, fato este comprovado na própria informação do blog quando indica que em 2018 foram pagos R$ 12.503.650,56, num total empenhado de R$ 14.548.049,03, que representa 85,95% do valor total e demonstra que a execução do contrato foi feita com critério e correção. É importante ressaltar que atualmente foram executados mensalmente uma média de 2.454.51 Km de varrição, 28,01 Km de capinação de vias pavimentadas e 22,12 Km de pintura de meio. São coletadas 3.470,64 toneladas de resíduos domiciliares; 1.964,73 toneladas de resíduos volumosos; e 140,47 toneladas de resíduos de podação. Além destes serviços também foi feita a coleta manual ensacada em áreas onde os veículos coletores não têm acesso; ações de limpeza em áreas onde as ruas não são pavimentadas e as ações de compactação e cobertura dos resíduos no aterro controlado que deverá ter sua operação encerrada. Sendo assim, conclui-se que a quantidade e a diversidade dos serviços prestados é condizente com os valores medidos no contrato que, conforme ressaltamos anteriormente, é auditado pelo Tribunal de Contas do Estado de Pernambuco, destacando que a cada três meses a documentação referente às medições mensais é enviada ao TCE/PE."

MAIS VISITADAS DO MÊS

Única nota 1000 do ENEM de Pernambuco faz homenagem a seu professor de Português

Exclusivo: Sai João e entra Tadeu na sucessão no Recife

À Época, Antônio Campos afirma ter denunciado, às autoridades, esquema maior do que o da Paraíba, operando em Pernambuco pelas mãos de Renata Campos e do PSB

Coincidência: donos do terreno desapropriado por R$ 38 milhões por Geraldo Julio são parentes de outro prefeito do PSB

Ataques de Secretário de Geraldo Julio contra Patrícia Domingos em debate são confissão de pânico de uma possivel candidatura da policial à Prefeitura do Recife