CGU investiga empresa sul-coreana envolvida em irregularidades na construção de navios-sonda para a Petrobras




Processo investigará supostas irregularidades ocorridas na fase de celebração de contratos firmado com a Petrobras


A Controladoria-Geral da União (CGU), por meio da Corregedoria-Geral da União (CRG), instaurou, no dia 10 de maio, processo administrativo de responsabilização (PAR) em face da empresa sul-coreana Samsung Heavy Industries Co., uma das líderes mundiais no setor de construção naval.

O processo investigará supostas irregularidades ocorridas durante a fase de celebração de contratos firmado com a Petrobras para a construção dos navios-sonda Petrobras 10.000 e Vitória 10.000. Os contratos movimentaram mais de US$ 1 bilhão e redundaram no pagamento de vantagens indevidas (propina) da ordem de US$ 53 milhões.

Essas irregularidades já foram objeto de apuração no âmbito da Operação Lava Jato, tendo resultado na condenação – na esfera penal – de várias pessoas, entre elas os lobistas Júlio Camargo e Fernando Soares, que teriam atuado em favor da Samsung Heavy Industries para obtenção fraudulenta dos contratos públicos.

No âmbito da CGU, a apuração terá por base a aplicação da Lei de Licitações e Contratos (nº 8.666/1993) e a Lei Anticorrupção (nº 12.846/2013), podendo culminar na aplicação de multa administrativa e no impedimento da empresa de contratar com a Administração Pública.

*Com Com informações da Assessoria de Comunicação da CGU

MAIS VISITADAS DO MÊS

São dois, os Secretários de Geraldo Julio, presos pela Polícia Federal, ontem, por desvios em obra da BR 101, ambos indicados por Sebastião Oliveira

Mãe "rica" da "Beira Mar" reclama de escola cearense que coloca seus filhos em aulas on line com crianças de "outro nível". Escola emite nota lamentando discriminação

Com Covid19, Sikêra Jr. chora ao vivo e alerta: "não façam como eu fiz. Não subestimem a doença"

Juiz faz Inspeção nas unidades de saúde para Covid-19, de Pernambuco, e oficia MPPE e MPF, para que investiguem possíveis crimes na ocorrência de óbitos por falta de UTIs no Estado que até hoje não explicou com o que gastou R$ 9,7 bilhões recebidos do SUS e repassados a OSs

Exclusivo: Deputado Sebastião Oliveira, de Pernambuco foi alvo de buscas e apreensões da PF na Operação Outline. Dois ex-servidores do DER foram presos na manhã de hoje