Doleiro gravou conversas com operador de propinas do PT, revela Estadão que divulga 74 áudios



Apontado como operador das entregas de dinheiro ilícito de empreiteiras a marqueteiros do PT, o ex-militante petista e empresário William Ali Chaim, de 55 anos, foi gravado 74 vezes em conversas com funcionários do doleiro que coordenou os pagamentos de propina e caixa 2 da Odebrecht em São Paulo, entre 2014 e 2015, recela matéria de Fabio Leite para o Estadão.

Segundo a matéria, registros da transportadora de valores que entregava os pacotes de dinheiro nos imóveis comprovariam que Chaim recebeu ao menos R$ 22 milhões em um período de oito meses. A maior parte dos pagamentos ocorreu em um flat em Moema, zona sul paulistana, e teria como destinatário o casal João Santana e Mônica Moura, e o publicitário Valdemir Garreta, todos marqueteiros de campanhas petistas.

Nos áudios, Chaim conversa com Márcio Freira do Amaral e Edimar Moreira Dantas, funcionários do doleiro Álvaro José Novis responsáveis por agendar por telefone as entregas de dinheiro com os intermediários indicados pelos políticos e agentes públicos que ficariam com o dinheiro.

Segundo Mônica Moura, Chaim foi indicado para receber o dinheiro em seu nome pelo ex-tesoureiro do PT João Vaccari Neto, que está preso pela Lava Jato em Curitiba, e ficava com cerca de 3% dos pagamentos como comissão.

Para ouvir os 74 áudios acesse AQUI

MAIS VISITADAS DO MÊS

São dois, os Secretários de Geraldo Julio, presos pela Polícia Federal, ontem, por desvios em obra da BR 101, ambos indicados por Sebastião Oliveira

Mãe "rica" da "Beira Mar" reclama de escola cearense que coloca seus filhos em aulas on line com crianças de "outro nível". Escola emite nota lamentando discriminação

Juiz faz Inspeção nas unidades de saúde para Covid-19, de Pernambuco, e oficia MPPE e MPF, para que investiguem possíveis crimes na ocorrência de óbitos por falta de UTIs no Estado que até hoje não explicou com o que gastou R$ 9,7 bilhões recebidos do SUS e repassados a OSs

Respiradores comprados pela Prefeitura do Recife a empresa veterinária só foram testados em porcos. Confiram os vídeos

Exclusivo: Deputado Sebastião Oliveira, de Pernambuco foi alvo de buscas e apreensões da PF na Operação Outline. Dois ex-servidores do DER foram presos na manhã de hoje