Foto do Comandante e do Sub-Comandante da Guarda Municipal do Recife supostamente bebendo fardados e na hora do expediente repercute nas Redes Sociais. Prática é proibida pelo Estatuto da Corporação


Uma foto que registra dois agentes da Guarda Municipal do Recife tomando cerveja fardados no horário do expediente no estabelecimento Praça da Picanha, tem gerado grande repercussão nas Redes Sociais já que cabe à Gurda Municipal a fiscalização do trânsito dentro da Cidade do Recide e em razão da proibição de que integrantes da Corporação consumam bebidas alcoólicas quando estiverem fardados, prevista no Estatuto da Guarda.


DECRETO Nº 24.256, DE 15 DE DEZEMBRO DE 2008


REGULA AS ATIVIDADES E ATRIBUIÇÕES DA GUARDA MUNICIPAL DO RECIFE.


Art. 50 Constitui-se infração disciplinar, sujeita à penalidade, os seguintes atos:
XXV - Ingerir bebidas alcoólicas quando uniformizado, mesmo que fora de serviço;

Agrava a situação, o fato de que nossas fontes identificaram os dois profissionais da área de segurança como sendo o Comandante e o Subcomandante da Guarda Municipal que agiriam como verdadeiros carrascos dos subordinados, que reclamam ao nosso Blog de sucessivas humilhações que lhes seriam impingidas pelos Comandantes, que em razão de serem protegidos pelo prefeito Geraldo Júlio, jamais foram punidos, ao contrário dos subordinados que são alvos de inquéritos por  quaisquer motivos.

Nosso Blog acredita nas denúncias dos Guardas Municipais, já que nossa Editora já foi vítima de inquéritos forjados pela gestão Geraldo Julio com base em denúncias feitas e tramadas por pessoas que depois foram flagradas pela própria Policia Civil usando as senhas dos procuradores da Prefeitura para baixarem débitos de sonegadores. Até hoje o prefeito não puniu ninguém, apenas nossa Editora, por denunciar os corruptos e teve que ingressar com queixa-crime onde os terceirizados usados para caluniar e prejudicar nossa editora entregaram os nomes dos mentores da denunciação caluniosa contra nossa editora.

MAIS VISITADAS DO MÊS

PF flagrou 114 contatos telefônicos entre desembargadora afastada e traficante de drogas e assaltante de carro-forte

STF afasta Conselheiro do TCM-BA por propina de R$ 25 milhões exigida quando era ministro das Cidades

"Jovem deputado foi nutrido na mamadeira da Odebrecht", responde Antonio Campos ao sobrinho João Campos após ser chamado de "mau sujeito" em audiência da Câmara

Remuneração a juíza do TJ-PE chega a mais de R$ 1 milhão em novembro, revela a Folha de São Paulo

Paulo Câmara liberou R$ 60 milhões para pagar férias indenizadas no TJPE beneficiando a própria mulher que é juíza. Para os demais servidores, aumento na alíquota da Previdência. Manobra foi revelada pela Folha de São Paulo