FUNDAJ: Sai Bertini e entra Antonio Campos.



Portaria publicada hoje no Diário Oficial da
União traz a nomeação do advogado e escritor Antônio Campos como novo presidente da FUNDAJ em substituição ao produtor cultural Anfredo Bertini, que era ligado ao ex-ministro da Educação Ricardo Vélez, também exonerado. O detlahe é que a Portaria não traz o tradicional "a pedido", o que deixa transparecer que Bertini teria saído a contragosto. Antonio Campos, atualmente filiado ao Podemos, é irmão do ex-governador Eduardo Campos e filho da ministra Ana Arraes, do TCU e disputou a prefeitura de Olinda pelo PSB.

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO
O MINISTRO DE ESTADO CHEFE DA CASA CIVIL DA PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA, no uso de suas atribuições e tendo em vista o disposto no art. 2º do Decreto nº 8.821, de 26 de julho de 2016, resolve: Nº 1.810- EXONERAR ANTÔNIO ALFREDO BERTINI DE TORRES BANDEIRA do cargo de Presidente da Fundação Joaquim Nabuco - FUNDAJ, código DAS 101.6. Nº 1.811- NOMEAR ANTÔNIO RICARDO ACCIOLY CAMPOS, para exercer o cargo de Presidente da Fundação Joaquim Nabuco - FUNDAJ, código DAS 101.6.

MAIS VISITADAS DO MÊS

Entidades ligadas a empresário preso hoje pela PF, por desvios na Saúde, receberam mais de R$ 781 milhões do Estado e de Prefeituras pernambucanas

Mapa da Vergonha: Pernambuco é o Estado com o maior número de irregularidades investigadas na pandemia, aponta documento da Polícia Federal

EXCLUSIVO: PF PRENDE PREFEITO E VICE DE AGRESTINA

Operação Desumano: Orcrim que assalta cofres da Saúde do povo pernambucano há anos é desbaratada em megaoperação da PF, CGU, MPF e MPPE (GAECCO). Prefeituras do Recife e de Jaboatão e empresário, líder da ORCRIM, entre os alvos