Justiça manda suspender processo de cassação do Prefeito de Camaragibe


Atendendo ao pedido de liminar num mandado de segurança impetrado pelo Prefeito de Camaragibe Demóstenes Meira, a Juiza Anna Regina de Barros determinou a imediata suspensão do processo de impeachment que deveria ser votado amanhã pela Câmara Municipal.

Alvo de uma Operação policial e de duas ações de improbidade, o prefeito de Camaragibe tem conseguido se manter no cargo por meio de decisões judiciais que ora negam pedidos para o seu afastamento, ora suspendem a votação de seu impeachment pela Câmara, enquanto isso a cidade segue entregue ao caos.

MAIS VISITADAS DO MÊS

PF flagrou 114 contatos telefônicos entre desembargadora afastada e traficante de drogas e assaltante de carro-forte

STF afasta Conselheiro do TCM-BA por propina de R$ 25 milhões exigida quando era ministro das Cidades

STF derruba sigilo de gastos da Presidência e Bolsonaro terá que mostrar faturas milionárias do cartão corporativo

Cabos da PM/PE denunciam que governo de Pernambuco só promove oficiais: "Quanta injustiça numa única corporação!"

Auditoria do TCE/PE constatou fraude fiscal, sonegação fiscal, superfaturamento, não prestação dos serviços em contrato de mais de R$ 16,7 milhões da ALEPE. Com a palavra o MPPE, o MPF, a Receita Federal e a Polícia Federal