MAR ABERTO: OPERAÇÃO DA DRACO E DA SEFAZ/PE PRENDE DJ DAS CELEBRIDADES RECIFENSES E O PAI, COMERCIANTE DE LANCHAS PARA RICAÇOS, POR SONEGAÇÃO, LAVAGEM DE DINHEIRO . MANDADOS FORAM AUTORIZADOS PELA JUÍZA ANA MOTA, DA VARA DOS CRIMES TRIBUTÁRIOS

 

DJ Jopin chegando ao Draco, após ser preso na Operação Mar Aberto — Foto: Reprodução/TV Globo


Uma Operação conjunta da Delegacia de Combate ao Crime Organizado - DRACO e da Secretaria da Fazenda do Estado de Pernambuco (SEFAZ), com autorização da Juíza de Direito Ana Mota, da Vara dos Crimes contra a Administração Pública e a Ordem Tributária levou, na manhã de hoje, à prisão, o DJ e empresário do ramo de entretenimento José Pinteiro Filho, mais conhecido como DJ Jopin, o pai do DJ, o empresário José Pinteiro Filho e um primo do DJ, Aníbal Pinteiro, que empresaria eventos no Estado.

Segundo a polícia, o grupo de empresas investigado movimentou R$ 358 milhões e, do total, foi constatada a sonegação de, pelo menos, R$ 65 milhões.

O grupo é investigado por lavagem de dinheiro e crimes tributários e tem como principal atividade a fabricação de embarcações. Ainda foram cumpridos mandados em São Paulo e na Paraíba.

Durante a operação foram apreendidos 28 carros de luxo, sendo uma Ferrari, um Porsche e um Maserati, 15 imóveis e 4 embarcações.

Mais detalhes no decorrer do dia, aqui mesmo no nosso Blog.

MAIS VISITADAS DO MÊS

São dois, os Secretários de Geraldo Julio, presos pela Polícia Federal, ontem, por desvios em obra da BR 101, ambos indicados por Sebastião Oliveira

Mãe "rica" da "Beira Mar" reclama de escola cearense que coloca seus filhos em aulas on line com crianças de "outro nível". Escola emite nota lamentando discriminação

Com Covid19, Sikêra Jr. chora ao vivo e alerta: "não façam como eu fiz. Não subestimem a doença"

Juiz faz Inspeção nas unidades de saúde para Covid-19, de Pernambuco, e oficia MPPE e MPF, para que investiguem possíveis crimes na ocorrência de óbitos por falta de UTIs no Estado que até hoje não explicou com o que gastou R$ 9,7 bilhões recebidos do SUS e repassados a OSs

Respiradores comprados pela Prefeitura do Recife a empresa veterinária só foram testados em porcos. Confiram os vídeos