Operação Raposa: PF/PE desarticula quadrilha de traficantes composta por 8 mulheres e 5 homens no interior do Estado



 A Polícia Federal em Pernambuco, por meio da Delegacia de Polícia Federal em Caruaru/PE, com apoio da Polícia Militar de Belo Jardim/PE e Caruaru/PE (15º BPM e 4ºBPM), deflagrou na manhã de hoje, terça-feira (21/05/2019) , a Operação Raposa visando desarticular grupo criminoso especializado no tráfico de drogas nas regiões dos municípios de São Caetano/PE e Caruaru/PE.

Na operação de hoje, estão sendo empregados 75 (setenta e cinco) policiais federais e 18 (dezoito) policias militares do 15º BPM e 4º BPM que desde às 5h da manhã estão dando cumprimento a 13 (treze) Mandados de Prisão Preventiva e 13 (treze) Mandados de Busca e Apreensão, em Caruaru, São Caetano, Bezerros e Limoeiro, expedidos pelo Juízo da Vara Única da Comarca de São Caetano/PE.


Também estão sendo cumpridos Mandados de Prisão Preventiva nas Penitenciárias Juiz Plácido de Souza, em Caruaru/PE, e Desembargador Ênio Pessoa, em Limoeiro/PE. A investigação, que teve início em julho/2018, identificou a atuação de um grupo criminoso especializado no tráfico de drogas na região dos municípios de São Caetano/PE e Caruaru/PE. No curso da apuração, além de diversas apreensões de entorpecentes, alguns dos principais integrantes do grupo criminoso foram presos e encaminhamos a penitenciárias estaduais localizadas nos municípios de Caruaru e Limoeiro. Ainda assim, os criminosos foram flagrados gerenciando o tráfico de drogas a partir dos estabelecimentos prisionais, por meio de ordens repassadas aos demais membros do grupo por telefones celulares e durante visitas regulares.

Assistam ao vídeo da Operação 


Os presos serão levados para a Delegacia da Polícia Federal em Caruaru onde serão indiciados pelos crimes de tráfico de drogas e associação para o tráfico, cujas penas variam de 5 a 20 anos de reclusão. Após os procedimentos legais, todos serão levados para fazer exame de corpo de delito no IML-Instituto de Medicina Legal e logo após serão encaminhados para os respectivos sistemas prisionais.

De acordo com a Assessoria de Comunicação da Polícia Federal em Pernambuco , do tráfico de drogas decorrem várias outras condutas criminosas tais como roubos, assaltos, homicídios, guerra de facções para domínio do controle do tráfico e quando operações como esta são deflagradas há uma tendência natural da violência diminuir. Estão sendo presos 5(cinco) homens e 8 (oito) mulheres. O que demonstra que algumas mulheres estão tomando a frente no controle das atividades criminosas quando seus maridos são presos em ações policiais.

A Operação Policial foi denominada Raposa, fazendo alusão ao município de São Caetano da Raposa onde grande parte da quadrilha atuava.

*Com informações e imagens da Assessoria de Comunicação da PF/PE

MAIS VISITADAS DO MÊS

PF flagrou 114 contatos telefônicos entre desembargadora afastada e traficante de drogas e assaltante de carro-forte

STF afasta Conselheiro do TCM-BA por propina de R$ 25 milhões exigida quando era ministro das Cidades

"Jovem deputado foi nutrido na mamadeira da Odebrecht", responde Antonio Campos ao sobrinho João Campos após ser chamado de "mau sujeito" em audiência da Câmara

Remuneração a juíza do TJ-PE chega a mais de R$ 1 milhão em novembro, revela a Folha de São Paulo

Paulo Câmara liberou R$ 60 milhões para pagar férias indenizadas no TJPE beneficiando a própria mulher que é juíza. Para os demais servidores, aumento na alíquota da Previdência. Manobra foi revelada pela Folha de São Paulo