PERNAMBUCO CONECTADO II: NEM O TCE/PE QUER OS SERVIÇOS DA EMPRESA PREDILETA DO GOVERNO DE PERNAMBUCO, QUE EM RECUPERAÇÃO JUDICIAL PRESTA SERVIÇOS DEFICIENTES E MAIS CAROS QUE A CONCORRÊNCIA, AFIRMA CLARO EM DOCUMENTO AO TRIBUNAL

14 de mai. de 2019

/ by Blog da Noelia Brito
Documento protocolado no último dia 07 de maio junto ao Tribunal de Contas de Pernambuco pelo Consórcio liderado pela EMBRATEL/CLARO, vencedor da licitação do Programa Pernambuco Conectado II com proposta inferior em mais de R$ 700 milhões ao preço do edital, traz uma revelação curiosa sobre os serviços que a empresa OI, que vem sendo beneficiada com o adiamento pelo governo Paulo Câmara, da homologação do resultado da licitação, tem prestado no âmbito do Programa Pernambuco Conectado I. É que além da COMPESA, também o próprio TCE/PE, onde tramitam duas denúncias "anônimas" contra a vencedora dispensou os serviços da OI, que poderia ser contratada por meio de uma adesão ao contrato do Estado de Pernambuco com a empresa. A dispensa teria como fundamento a deficiente prestação dos serviços e os preços exorbitantes cobrados pela OI, muito superiores aos da concorrência, a ponto de somente ter alcançado a terceira colocação na nova licitação.

Ainda de acordo com o documento protocolado junto ao TCE/PE, mesmo tendo alcançado apenas o terceiro lugar na licitação, em razão dos preços exorbitantes, a OI insiste junto ao Governo Paulo Câmara com a desclassificação dos dois melhores colocados para que continue com o contrato bilionário do Pernambuco Conectado II.

Enquanto não for homologado o resultado, a OI, que parece ter a preferência de integrantes do governo Paulo Câmara, continua recebendo por serviços já denunciados como de péssima qualidade.

Conforme já publicamos aqui, várias Escolas do interior reportam que a velocidade da internet fornecida pela OI é insuficiente para atender à demanda das aulas de informática e do funcionamento da secretaria das Escolas. Quando os alunos estão em aula, a Secretaria não pode usar a internet.

Mais detalhes sobre o documento do Consórcio EMBRATEL/Claro ao TCE/PE, ainda hoje, em nosso Blog.

Procurada pelo Blog, via e-mail, a OI não quis se pronunciar sobre a licitação.

Nenhum comentário

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

© Todos os direitos reservados - 2021