Sem crise, Ipojuca abre licitação para triplicar gastos com publicidade em ano pré-eleitoral


Por meio de uma Concorrência publicada pelo Secretário Especial de Comunicação, o Município de Ipojuca resolveu abrir licitação para contratar ima nova empresa de publicidade e marketing. Até aí nada demais.

O que chama atenção é o aumento considerável do valor previsto para ser gasto com o novo contrato, que passará para R$ 6 milhões em um ano pré-eleitoral, já que a prefeita de Ipojuca gastou pouco mais de R$ 2 milhões com publicidade no ano passado. O que justificaria a decisão de triplicar os gastos de um ano para o outro? Ora, se mesmo com um contrato de R$ 4 milhões, que é o valor do contrato atual, a prefeita só gastou R$ 2 milhões em 2018, por que aumentar para R$ 6 milhões em vez se reduzir para R$ 2 milhões? 

MAIS VISITADAS DO MÊS

EXCLUSIVO: PF PRENDE PREFEITO E VICE DE AGRESTINA

Mapa da Vergonha: Pernambuco é o Estado com o maior número de irregularidades investigadas na pandemia, aponta documento da Polícia Federal

Entidades ligadas a empresário preso hoje pela PF, por desvios na Saúde, receberam mais de R$ 781 milhões do Estado e de Prefeituras pernambucanas

Operação Desumano: Orcrim que assalta cofres da Saúde do povo pernambucano há anos é desbaratada em megaoperação da PF, CGU, MPF e MPPE (GAECCO). Prefeituras do Recife e de Jaboatão e empresário, líder da ORCRIM, entre os alvos