Sem crise, Prefeitura do Recife gasta R$ 1,6 milhão com Fundação da Rede Globo para ensino à distancia por meio de telecurso. MPPE investiga falta de professores nas escolas municipais


Com data do último dia 30 de abril, a Secretaria de Educação da Prefeitura do Recife dispensou licitação para contratar a Fundação Roberto Marinho, da Rede Globo, para prestação de serviços de ensino à distância por meio de telecurso.

Já o Diário Oficial Eletrônico do MPPE traz diariamente portarias de instaração de inquéritos em razão da deficiência do quadro de professores nas escolas da Prefeitura, ocasionando, inclusive, cancelamentos de aulas.

MAIS VISITADAS DO MÊS

PF flagrou 114 contatos telefônicos entre desembargadora afastada e traficante de drogas e assaltante de carro-forte

STF afasta Conselheiro do TCM-BA por propina de R$ 25 milhões exigida quando era ministro das Cidades

STF derruba sigilo de gastos da Presidência e Bolsonaro terá que mostrar faturas milionárias do cartão corporativo

Cabos da PM/PE denunciam que governo de Pernambuco só promove oficiais: "Quanta injustiça numa única corporação!"

Auditoria do TCE/PE constatou fraude fiscal, sonegação fiscal, superfaturamento, não prestação dos serviços em contrato de mais de R$ 16,7 milhões da ALEPE. Com a palavra o MPPE, o MPF, a Receita Federal e a Polícia Federal