Deputado estadual do PSL do Ceará acusa colegas de terem ligações com facções e é cganado de "frouxo" por não dar "nomes aos bois"



O deputado André Fernandes, do PSL do Ceará resolveu disparar contra os próprios colegas acusações de que seriam ligados a facções criminosas.

De acordo com o parlamentar, todos os dias receberia denúncias sobre essas ligações e questinou a moral dos colegas para falarem em corrupção: "Qual moral tem deputado envilvido com facção para falar de segurança, sobre morqlidade, respeito e ética? Os deputadis estão sendo controlados. É algo obscuro. Tenho foro privilegiado. Quem tiver achando ruim que se exploda", disse o bolsonarista aos berros.

Os colegas de Fernandes reagiram no mesmo tom. Elmano de Freitas chamou Fernandes de "Frouxo" por ter se recusado a dar os nomes deputados que, segundo ele, estariam metidos com facções.

O foro privilegiado, porém, não livra o bolsonarista de responder a um processo disciplinar no Conselho de Ética. De acordo com o presidente da Assembleia Legislativa do Ceará, deputado José Sarto, do PDT, a declaração de Fernandes foi infeliz e que caberua um processo por quebra de decoro contra ele, o que já estaria sendo articulado por diversos Partidos.

Elmano ainda afirmou que a paciência da Assembleia com as bravatas de André Fernandes já teria se esgotado.

André Fernandes foi o deputado estadual mais votado do Ceara e é considerado arrogante por jornalistas, a quem estaria destratando, sendo grosseiro contra qualquer um que o questiona.

MAIS VISITADAS DO MÊS

Exclusivo: Polícia Civil de Pernambuco prende maior estelionatário do Nordeste. Hacker, que estava foragido, foi preso pela Delegacia do Cordeirro. Golpes ultrapassam a casa dos R$ 100 milhões

Exclusivo: Saiba quem são todos os 41 alvos das Operações Casa de Papel e Antídoto, deflagradas hoje, pela PF, e que também teve como alvos as Prefeituras do Recife, do Cano, de Paulista e de Olinda

Advogado dos Bolsonaro, Wasef, teve pedido de prisão em inquérito que investigou seita satanista suspeita de matar crianças em rituais. Seita tinha integrantes também em Pernambuco

DRACCO faz operação contra Sebastião Figueroa, maior fornecedor de produtos gráficos para políticos e governos em Pernambuco. Veja as imagens exclusivas do Blog da Noelia Brito

Covidão: PF faz buscas nas Prefeituras do Recife, Paulista, Cabo e Olinda contra corrupção na pandemia