Desembargador nega, pela segunda vez, pedido de Flávio para suspender quebra de sigilo



Pela segunda vez, o desembargador Antônio Amado, do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, nega pedido do senador Flavio Bolsonaro para suspender a qurbra do seu sigilo bancário.

Flávio, que e filho do presidente Jair Bolsonaro, teve seus sigilos quebrados em abril, pelo juiz Flávio Otabaiana, da 27. Vara Crimibal do Rio de Janeiro, numa investigação baseada em relatórios do COAF, que levantou suspeita de que o então deputado estadual lideraria uma organização criminosa que praticou crimes de peculato e lavagem de dinheiro, mediante o uso de laranjas e funcionários fantasmas.

MAIS VISITADAS DO MÊS

Milionários pernambucanos aparecem na "caixa preta" do BNDES anunciada por Bolsonaro. Saiba quem são.

Lava Jato chega a Pernambuco: "Amplo esquema criminoso leva Lava Jato a bloquear mais de R$ 3,5 bilhões do PSB, de FBC, do Espólio de Eduardo Campos, Do MDB e de Eduardo da Fonte além de vários empresários

Sem saber que estava sendo gravado, marido e assessor de vereadora relata fraudes em licitações envolvendo deputado federal e esquemas com emendas parlamentares. Até manipulação do MPPE para obter vantagens ele confessa

Incômodo de políticos influentes com investigações estariam por trás de perseguições a Delegada Patrícia Domingos, suspeita presidente da ADEPPE

Exclusivo: Relatório do MPPE comprova que SDS tenta responsabilizar delegada Patrícia por prescrições ocorridas no século passado, antes da policial ingressar na própria Policia Civil. Quem estão querendo acobertar?