Desembargador nega, pela segunda vez, pedido de Flávio para suspender quebra de sigilo



Pela segunda vez, o desembargador Antônio Amado, do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, nega pedido do senador Flavio Bolsonaro para suspender a qurbra do seu sigilo bancário.

Flávio, que e filho do presidente Jair Bolsonaro, teve seus sigilos quebrados em abril, pelo juiz Flávio Otabaiana, da 27. Vara Crimibal do Rio de Janeiro, numa investigação baseada em relatórios do COAF, que levantou suspeita de que o então deputado estadual lideraria uma organização criminosa que praticou crimes de peculato e lavagem de dinheiro, mediante o uso de laranjas e funcionários fantasmas.

MAIS VISITADAS DO MÊS

EXCLUSIVO: PF PRENDE PREFEITO E VICE DE AGRESTINA

Mapa da Vergonha: Pernambuco é o Estado com o maior número de irregularidades investigadas na pandemia, aponta documento da Polícia Federal

Operação Desumano: Orcrim que assalta cofres da Saúde do povo pernambucano há anos é desbaratada em megaoperação da PF, CGU, MPF e MPPE (GAECCO). Prefeituras do Recife e de Jaboatão e empresário, líder da ORCRIM, entre os alvos

Entidades ligadas a empresário preso hoje pela PF, por desvios na Saúde, receberam mais de R$ 781 milhões do Estado e de Prefeituras pernambucanas